DESTINOS

QUAIS PAÍSES ESTÃO COM AS FRONTEIRAS ABERTAS PARA ESTUDANTES BRASILEIROS?

Confira a lista atualizada de países que permitem a entrada de brasileiros

Published

on

*atualizado em 7/01/22

Muitos brasileiros não veem a hora de finalmente iniciar os estudos no exterior e, ainda que este seja um ótimo momento para o planejamento, muitos países já flexibilizaram as regras de suas fronteiras para permitir a entrada de estudantes do Brasil.

Cada um têm seus pré-requisitos, mas a maioria exige o comprovante de vacinação. Confira abaixo, a lista de países abertos para estudantes brasileiros:

África do Sul

O destino foi um dos poucos que, desde o início da pandemia, apresentou poucas ou nenhuma restrição aos estudantes brasileiros. Para entrar no país, é necessário apresentar um teste PCR negativo para Covid-19, feito até 72 horas antes do desembarque.

É obrigatório baixar o aplicativo Alert South Africa e preencher o questionário de saúde de viagem. Caso não apresente o formulário e nem o teste de Covid-19, será obrigatório uma quarentena de 14 dias. Todas as vacinas aplicadas no Brasil são reconhecidas no país.

Europa

Alemanha

Brasileiros totalmente vacinados com os imunizantes reconhecidos pela União Europeia estão liberados de quarentena e precisam apenas apresentar um exame negativo de Covid-19 ao desembarcar.

Na ausência do comprovante de vacinação, é possível apresentar um atestado de recuperação, que deve estar disponível em alemão, inglês, francês, italiano ou espanhol, em formato digital ou em papel. A contaminação não pode ter ocorrido há mais de seis meses.

Espanha

Desde agosto, passageiros procedentes do Brasil e com o protocolo de vacinação completo podem desembarcar na Espanha. São aceitas todas as vacinas aplicadas no Brasil e não é necessária a quarentena ao desembarcar.

É obrigatório preencher o Spain Travel Health, formulário de saúde do governo espanhol, e apresentar o comprovante de vacinação ao desembarcar.

SAIBA MAIS: BRASILEIROS VACINADOS PODEM ENTRAR NA ESPANHA

França

Brasileiros completamente vacinados com os imunizantes aprovados pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) podem viajar para a França sem a necessidade de fazer quarentena.

Passageiros não vacinados devem apresentar às autoridades um documento que comprove o motivo da viagem e teste PCR negativo para Covid-19, realizado 48 horas antes do embarque. Viajantes brasileiros não vacinados devem fazer quarentena obrigatória de 10 dias.

Holanda

Para entrarem no país, brasileiros devem apresentar um teste PCR negativo para Covid-19, feito até 72 horas antes do embarque. Também é necessário preencher um formulário de declaração de saúde e é obrigatório realizar quarentena de 10 dias no país, com a possibilidade de ser liberado no quinto dia, caso um novo teste de negativo.

Irlanda

Estudantes brasileiros matriculados em cursos de educação superior já estavam autorizados a entrar na Irlanda. A partir de novembro, estudantes de cursos de idiomas totalmente vacinados com imunizantes reconhecidos pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) poderão entrar no país apresentando comprovante de vacinação e teste PCR negativo, sem a necessidade de quarentena.

Caso o estudante não esteja totalmente vacinado, deverá fazer um teste antes do embarque e quarentena obrigatória de 14 dias ao desembarcar no país. No quinto dia, ao apresentar um teste PCR negativo para Covid-19, o estudante é liberado da quarentena.

A partir de 3/12, todos os passageiros que desembarcarem na Irlanda, incluindo vacinados, devem apresentar um teste PCR negativo para Covid-19, realizado até 72 horas antes do embarque, além de um teste antígeno negativo feito 48 horas antes da chegada.

Itália

Estudantes podem entrar no país desde que estejam matriculados em um curso de ensino superior ou reconhecido pelos órgãos educacionais locais. É necessário apresentar um teste PCR negativo para Covid-19 realizado 72 horas anteriores ao embarque, preencher o formulário dpLF antes do embarque e a autodeclaração para apresentar na imigração.

Na Itália, a quarentena de 10 dias ainda é obrigatória para estudantes brasileiros, que podem ser liberados ao final do décimo dia, caso o teste PCR dê negativo. Recentemente, o país incluiu a obrigatoriedade de um teste PCR na chegada ao destino.

Para cursos de curta duração (até 90 dias), o estudante pode fazer quarentena de 14 dias no Reino Unido, Canadá, EUA ou em países da Europa antes de entrar na Itália. Também é necessário ter a carta da escola como comprovação.

Suíça

Brasileiros totalmente vacinados podem entrar na Suíça desde que apresentem o comprovante de vacinação e teste PCR negativo para Covid-19, feito até 72 horas antes da chegada ao país. As vacinas terão validade de 12 meses.

SAIBA MAIS: SUÍÇA REABRE A FRONTEIRA PARA BRASILEIROS

Também é necessário apresentar um formulário de entrada, além de ser obrigatório refazer o teste, PCR ou antígeno, entre o 4 e o 7 dia.

Reino Unido

A partir de 11 de outubro, brasileiros vacinados com apresentação de certificado de vacinação, poderão entrar no UK. Além de apresentarem um teste PCR negativo para Covid-19 realizado até 3 dias antes do embarque, será necessário repetir o teste dois dias após o desembarque.

No entanto, quem viajar para a Inglaterra a partir do dia 7 de janeiro de 2022 será liberado da obrigatoriedade do teste antes de embarcar. O autoisolamento, imposto para viajantes que chegavam ao país desde 30/11 também foi descartado, com a retomada dos testes rápidos, que devem ser feitos em até 48 horas após o desembarque.

Estudantes não vacinados precisam fazer quarentena por 10 dias, além de refazerem o teste PCR no 2 e 8 dia após a chegada ao país.

SAIBA MAIS: BRASIL É RETIRADO DA RED LIST PARA ENTRADA NO REINO UNIDO

América do Norte

Canadá

O Canadá é um dos destinos que permite a entrada de brasileiros totalmente vacinados com um dos imunizantes aprovados no país. A partir do dia 30/11, o destino passará a aceitar também a Coronavac e, com isso, todas as vacinas aplicadas no Brasil serão reconhecidas no Canadá.

Antes de fazer o check-in no aeroporto, o viajante deve baixar o aplicativo ArriveCAN para enviar as suas informações de vacinação.

SAIBA MAIS: BRASILEIROS VACINADOS PODERÃO ENTRAR NO CANADÁ

A partir de 15 de janeiro, só entrarão no Canadá estudantes vacinados e que apresentarem um teste negativo para Covid-19 realizado até 72 horas antes do embarque. Todos os passageiros deverão permanecer em quarentena em um endereço informado após o desembarque até que saia o resultado do teste realizado na chegada ao destino, que tem um prazo de 24 a 48 horas.

Estados Unidos

A partir do dia 8 de novembro brasileiros com vacinação completa poderão entrar nos EUA, basta apresentar na entrada o comprovante de vacinação e um teste RT-PCR negativo. Todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas nos Estados Unidos.

SAIBA MAIS: BRASILEIROS VACINADOS PODERÃO ENTRAR NOS EUA

A partir de 6/12 brasileiros também precisarão apresentar um teste negativo para Covid-19, feito até 24 horas antes do embarque.

América do Sul

Argentina

Desde o início de outubro, brasileiros com o ciclo de vacinação completo podem entrar na Argentina, desde que apresentem o certificado de imunização e teste PCR negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes do embarque.

Para não vacinados, além da quarentena de sete dias e do PCR anterior ao embarque, é necessário realizar outro teste de 5 a 7 dias depois da chegada no país. Todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas na Argentina.

Chile

O Chile reabriu para brasileiros totalmente vacinados em outubro. Para entrar no país é necessário apresentar um teste negativo para Covid-19 feito até 72 horas anteriores ao embarque e um seguro-viagem com cobertura a partir de USD 30 mil.

Brasileiros também devem fazer quarentena de 5 a 7 dias em local que pode ser escolhido pelo visitante e preencher um formulário sanitário.

VOCÊ PODE GOSTAR: A IMPORTÂNCIA DO SEGURO-VIAGEM EM 2021

Emirados Árabes Unidos

Os Emirados Árabes Unidos se tornaram um dos principais destinos de intercâmbio para estudantes brasileiros durante a pandemia. Isso porque o país manteve poucas restrições a passageiros vindos do Brasil.

Para embarcar é necessário apresentar um teste negativo para Covid-19 realizado no máximo 96 horas antes do voo. Ao chegar em Dubai, passageiros brasileiros devem refazer o PCR.

Está interessado em fazer um intercâmbio? Fale com os nossos especialistas e descubra qual a opção ideal de acordo com o seu perfil, objetivos e orçamento!

*Este texto foi atualizado em 26/10/2021 e pode sofrer alterações conforme as mudanças anunciadas pelos órgãos oficiais de cada país.

Continue Reading
Click to comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *