DESTINOS

ESPANHA ABRE AS FRONTEIRAS PARA BRASILEIROS VACINADOS

Confira as regras de reabertura para brasileiros na Espanha!

Published

on

O Escritório de Turismo da Espanha anunciou que a partir do dia 24 de agosto, viajantes procedentes do Brasil que estejam totalmente vacinados podem entrar no país sem a necessidade de quarentena obrigatória. Todas as vacinas aplicadas em território brasileiro serão aceitas no protocolo espanhol.

De acordo com a pasta, brasileiros devem portar um certificado de vacinação internacional e precisam estar vacinados com a segunda dose – ou dose única – há, no mínimo, 14 dias ao embarcar. Além disso, serão aceitos atestados de recuperação no caso de pessoas que foram infectadas pelo coronavírus.

Caso não estejam vacinados e se enquadrem em alguma das outras categorias de entrada liberadas anteriormente na Espanha, os viajantes deverão realizar um teste negativo para coronavírus até 72 horas antes da chegada ao país, um teste de antígenos realizado 48 horas antes da chegada ou apresentar um atestado de recuperação.

Os atestados deverão estar traduzidos em espanhol, inglês, francês ou alemão. Também é obrigatório preencher o Spain Travel Health, que pode ser baixado de forma gratuita nas lojas de aplicativos para celulares.

Estudantes brasileiros matriculados em cursos de espanhol e com visto de estudo, podem entrar na Espanha 15 dias antes do início das aulas.

Confira os detalhes de cada protocolo de saúde aceito para a entrada na Espanha:

Certificado de vacinação

Os passageiros que tenham recebido as duas doses das seguintes vacinas: Pfizer, AstraZeneca (incluindo CoviShield), Janssen ou Coronavac, pelo menos 14 dias antes de chegar à Espanha, não precisarão fornecer nenhum teste diagnóstico adicional. O certificado deve ser traduzido (tradução oficial) para espanhol, inglês, francês ou alemão. Para vacinas feitas no Brasil, você deve obter o certificado digital do Ministério da Saúde do Brasil na versão em espanhol.

Certificado de recuperação COVID-19

Passageiros recuperados da doença podem apresentar certificado de recuperação desde que tenham se passado mais de 11 dias desde a realização do primeiro teste NAAT positivo. Este certificado terá validade de 180 dias a partir de então. O certificado deve ser traduzido para espanhol, inglês, francês ou alemão.

Certificado de teste de diagnóstico

Os passageiros não vacinados e que não tenham se recuperado do COVID19, devem fazer um teste de diagnóstico para entrar na Espanha. Os testes admitidos serão:

1. Testes de amplificação de ácido nucléico (NAAT). A amostra deve ser colhida no máximo 72 horas antes do desembarque na Espanha.

2. Testes de detecção rápida de antígenos (RAT), que detectam a presença de antígenos de vírus. A amostra deve ser colhida no máximo 48 horas antes do desembarque na Espanha.

Os testes admitidos são os autorizados pela Comissão Europeia, que pode consultar neste link.

Está interessado em fazer um intercâmbio na Espanha? Fale com os nossos especialistas em intercâmbio!

Continue Reading
Click to comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *