a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

O Sucesso Profissional de Wllyssys após Intercâmbio em Londres - MUNDO STB

O sexto viajante a compartilhar sua experiência transformadora no exterior é o jornalista e cineasta Wllyssys Wolfgang, 31 anos, que escolheu um curso de inglês na Embassy English Greenwich para a sua experiência de intercâmbio em Londres. Wllyssys contou sua história para a série de depoimentos Mundo STB, que celebra o lançamento do catálogo que traz tudo sobre intercâmbio, trabalho no exterior e viagens internacionais. Confira!

Um passo além para o sucesso profissional

"Londres foi a melhor escolha! E ter sido encaminhado para a Embassy em Greenwich foi melhor ainda. Todas as indicações foram feitas pela consultora do STB ainda no Brasil. Eu não conhecia a cidade e esta seria a minha primeira vez por lá!

Wllyssys estudando inglês em LondresFazer intercâmbio não é apenas  estudar fora do país. É viver a diferença, provar o novo, ampliar conceitos e, sobretudo, crescer pessoal e profissionalmente. Vivenciar o estilo de vida de outro país é muito enriquecedor. Além do mais, é possível visitar lugares que víamos apenas em filmes ou séries. Por exemplo, fui ao Primerose Hill, parque onde foi gravado 'Sense8'. Parei no mesmo lugar que a personagem parou e contemplei a cidade e o pôr do sol em um dia lindo. Depois, desci e parei em uma das milhares de cafeterias para tomar um chocolate quente - programa pra lá de agradável. Eu estava morando no bairro onde foi gravado 'Piratas do Caribe',  andava no mesmo parque onde o Johnny Depp corria, ia ao bairro da Amy Winehouse, à casa onde os Beatles começaram (hoje o estúdio do Paul), além de tantas outras opções.

Um simples parar e olhar ao redor já valia a pena. No final das tardes de inverno, os edifícios e as construções eram cobertas por uma luz dourada incrivelmente bela.

Wllyssys na Tower Bridge em seu intercâmbio em Londres

Custo do intercâmbio em Londres

Inicialmente, pensamos Londres como cara, mas não é necessariamente verdade. A maioria das atrações - boas! - são gratuitas. O British Museum, por exemplo, que requer dois dias pra conseguir visitar, é gratuito! Visitar o SkyGarden também. Embora a nossa moeda esteja desvalorizada, comprar roupas, comida etc. ficava mais em conta que em outros países em que estive enquanto estava lá. Aliás, esse é outro aspecto muito interessante do intercâmbio: eu podia ir para qualquer país na Europa por preços muito em conta. Fiz Paris-Londres de ônibus em oito horas por apenas 15 euros  (cerca de R$ 60) - sem precisar correr atrás de promoções, por exemplo.

Amizades no exterior

Wllyssys e seus amigos de diversas nacionalidadesUma vez contei 16 nacionalidades diferentes sentadas à mesa de um pub antigo próximo à escola. Todos estudantes intercambistas. Os programas de integração após as aulas eram sempre diferentes e dinâmicos, então permitiam que treinássemos o idioma all the time. Imagine: turcos, belgas, coreanos, franceses... Em comum só havia o inglês mesmo. Então não tínhamos outra opção a não ser falar em inglês pra nos comunicar. E isso foi incrível: eu consegui amigos em vários continentes e mantenho contato com eles até hoje. Quero que eles venham me visitar e eles me chamam para visitá-los.

A escola e as atividades

As aulas eram muito dinâmicas e divertidas - com professores nativos, preparados e muito bem humorados. Além do que era ensinado através de exercícios em sala, tínhamos atividades externas. Certa vez, foi proposto que saíssemos à rua (durante a aula) para entrevistar os transeuntes britânicos sobre o estilo de vida deles. Foi inicialmente assustador, mas depois muito enriquecedor. Conseguimos coletar várias entrevistas e depois viramos notícia no próprio blog da escola.

Gastronomia inglesa

A alimentação foi uma grande surpresa (boa! Ou melhor, deliciosa!). Apesar de bem diferente da nossa culinária, os ingredientes picantes  e a forte influência indiana fazem a comida ser muito saborosa. Arroz, nem pensar! Quase sempre o carboidrato era oferecido em forma de raízes, batatas etc. Porém, para os brasileiros e demais estudantes estrangeiros, a escola sempre oferecia surpresas. Por exemplo, no meu último dia de aula eles prepararam nada mais nada menos que uma feijoada! Sim! Acompanhada de farofa, arroz e couve. Estava deliciosa! No restaurante da escola, além de a comida ser barata (chegava a pagar cerca de 1,5 libras, ou cerca de R$ 9 na época pelo self-service), sempre tinha pratos de nacionalidade diferentes, o que nos permitia 'viajar'.

Wllyssys em Londres

Tripbox, o aplicativo que me ajudou com a viagem

Enquanto estava lá, também usei bastante o Tripbox, aplicativo de viagem que foi cedido pelo STB aqui no Brasil. Era lá que eu encontrava dicas de lugares, informações para nós, brasileiros, restaurantes, feiras, atrações, além de entender mais sobre o comportamento e a cultura britânicos. Além disso, me sentia seguro com a portabilidade dos documentos (passaporte, números, passagens etc) dentro do aplicativo.

Wllyssys faz intercâmbio na Inglaterra

Como a experiência de intercâmbio em Londres transformou minha vida

O intercâmbio muda a nossa vida pessoal e profissional de muitas formas. O contato com as mais distintas etnias e nacionalidades nos faz compreender melhor as diferenças, as culturas, o mundo. Nesta minha experiência de intercâmbio em Londres, eu tive contato com quase 20 nacionalidades diferentes, que incluíam pessoas de orientação religiosa, sexual, cultural das mais distintas. Todos reunidos em uma sala, em uma mesa de pub ou na rua ávidos por conhecimento, amizade e troca de experiências.

A expressão 'tira você de dentro da casinha', comum no Brasil, faz sentido até literalmente, mas ao ponto que você sai e tem o contato com nações de outros continentes, diferentes do seu, você percebe o quanto há de peculiar dentro daquela 'casinha' (ou país) que você pertence. E por que não dizer exótico? Longe de querer questionar - certo ou errado - essa observação pode ser melhor executada quando você é posto em um lugar diferente do seu.

Wllyssys curtindo a vista em parque de Londres

A experiência contribuiu profundamente para minha carreira profissional. Além do domínio do idioma, ganhamos mais agilidade, velocidade e capacidade de discernir diante de culturas diferentes. Uma coisa é estar dentro da própria nação tomando decisões. Outra coisa é você estar em uma terra estrangeira, lidando com pensamentos e dogmas que podem ser totalmente opostos aos seus. Isso credencia você para muitos outros desafios dali por diante.

A minha vida foi marcada profundamente pelas amizades conquistadas, pelos contatos profissionais estabelecidos, pelo crescimento cultural diante da observação de outras nacionalidades e diante das situações que vivemos estando longe do nosso país, 'fora da nossa casinha'".

 

Quer fazer um curso de inglês em Londres como o de Wllyssys? Consulte o STB e saiba tudo sobre o intercâmbio em Londres!

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: