a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

Quais são as formas de pagamento do intercâmbio?

Para muitos, estudar no exterior pode parecer um sonho financeiramente distante. Mas o que a maioria não sabe é que há maneiras de financiar sua viagem e garantir que este investimento aconteça sem pesar no bolso. Portanto, se você decidiu fazer um intercâmbio e já tem noção do quanto pode investir, chegou a hora de descobrir qual a melhor maneira de pagar a sua viagem. Para ajudá-lo a finalmente tirar esse plano do papel, reunimos abaixo as principais formas de pagamento do intercâmbio. Confira!

Como pagar meu intercâmbio?

Esta é a principal questão que muitos estudantes enfrentam após a decisão de fazer um programa de intercâmbio. As regras de pagamento para cursos no exterior, em geral, acompanham as normas de todo investimento de médio e longo prazo no Brasil, oferecendo a oportunidade de o estudante pagar da maneira que melhor se adeque às suas preferências e sua situação financeira.  

O programa, cujos valores (que podem custar a partir de CAD 563 para duas semanas de curso de inglês em Toronto, por exemplo) geralmente contemplam o curso e a acomodação, costuma ser definido na moeda do destino e convertido para reais na data do pagamento. Por isso, se a pessoa der uma entrada e quitar o restante do programa depois, estará sujeita à flutuação do câmbio turismo.

É possível começar a pagar quando for melhor para o estudante, desde que ele tenha condições de dar uma entrada e esteja com financiamento aprovado ou com o programa quitado até a data da viagem.

Quando paga direto para a escola, o aluno tem menor facilidade de pagamento, pois paga IOF e ainda deve ter todo o valor do intercâmbio pago antes da data da viagem. Já se ele escolher uma agência de intercâmbio para ajudá-lo no processo, é possível continuar o parcelamento do programa mesmo após a volta ao Brasil.

Quais são as principais formas de pagamento do intercâmbio?

Pagamento do intercâmbio à vista

Quem tem dinheiro guardado e condições financeiras pode apostar no pagamento do intercâmbio à vista, quitando o valor total do programa antes da viagem.

Lembre-se de que não fazer dívidas no período que antecede a sua viagem também é uma boa maneira de evitar dores de cabeça, e ainda permitir que você aproveite o tempo que resta antes do embarque para juntar mais dinheiro.
Os pagamentos à vista podem ser feitos por meio de boleto bancário, dinheiro ou cheque.  

pagamento à vista para o intercambio.jpg

Pagamento do intercâmbio em cartão de crédito

O seu cartão de crédito tem um bom limite, você se planejou com antecedência e ainda falta um tempo para a sua viagem? Então o pagamento por meio do cartão de crédito pode ser uma boa opção.

Ótima ferramenta de pagamento para quem deseja dar uma entrada e segmentar o restante do total em parcelas mais suaves, o cartão de crédito permite o parcelamento em até 12 vezes (sujeito a juros) desde que a entrada seja de, pelo menos, 20% do valor total do programa

Este tipo de pagamento é indicado para quem deseja parcelar o valor total sem recorrer a outros tipos de financiamentos intermediados por instituições bancárias. É importante lembrar que, dependendo do número de parcelas, é possível que sejam cobrados juros por parte do banco. Para conseguir parcelar o pagamento, é imprescindível ter disponível um limite de crédito igual ou superior ao valor do programa.

Uma dica importante para quem deseja optar por este tipo de pagamento é ficar atento a promoções de intercâmbio. Em alguns períodos do ano, o STB conta com condições especiais de parcelamento que garantem até 10 vezes sem juros. Por isso, consulte o site e entre em contato com um consultor.

Cartao-de-credito_Tabela_.jpg

Pagamento de intercâmbio por meio de financiamento estudantil

O financiamento estudantil é semelhante ao processo de um empréstimo bancário pessoal para financiar um bem material de alto custo, como um carro. No STB, os estudantes podem contar com o auxílio do Santander para pagar o seu curso no exterior por meio do programa de financiamento de intercâmbio.

Para solicitar este tipo de financiamento, o estudante precisa dar uma entrada de, no mínimo, 20% do valor total do programa e preencher uma ficha solicitando o auxílio do banco. A instituição financeira fará uma análise de crédito e, em até 24 horas, responde se o financiamento foi aprovado ou não.

Sendo aprovado, o estudante tem a oportunidade de financiar o restante do valor total do programa em até 24 vezes com juros, da maneira que preferir. É importante saber que a opção de pagamento via financiamento deve ser feita no ato da compra do programa de intercâmbio, pois não é possível financiar o curso no exterior depois de assinar o contrato. O financiamento também está sujeito ao pagamento de uma taxa administrativa.

Passagens aéreas e alguns tipos de cursos e acomodações não se qualificam ao programa de financiamento de intercâmbio. O ideal é conversar com um consultor de uma agência de intercâmbio para entender melhor as regras e facilidades do financiamento estudantil.

Financiamento-de-intercambio_.jpg

Programar-se para o intercâmbio é a chave!

Como todo grande projeto, fazer um intercâmbio exige um planejamento financeiro. Por isso, organizar o seu orçamento é essencial para viabilizar essa experiência. Fazer planilhas, acompanhar a variação do câmbio e programar as suas finanças pessoais para conseguir economizar são algumas das dicas que podem fazer a diferença.

O ideal é começar a se planejar para pagar o intercâmbio com pelo menos um ano de antecedência, independentemente da forma de pagamento escolhida.  Neste período, mantenha o foco para poupar e não desista até conseguir o valor necessário.

planejamento-financeiro-para-intercambio.jpg

É preciso lembrar que o planejamento deve incluir despesas com taxas de visto e documentação, além dos possíveis gastos extras típicos de um intercâmbio, como transporte, livros, passeios e alimentação.

É importante saber que fechar o intercâmbio com uma agência sai mais em conta do que realizá-lo por conta própria, evita inúmeras dores de cabeça e gastos de última hora. Além disso, as agências de intercâmbio STB contam com especialistas em educação que visitam escolas e acomodações para garantir a qualidade dos programas.

FALE COM UM ESPECIALISTA EM INTERCÂMBIO

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: