POR QUE O CANADÁ É TÃO PROCURADO POR BRASILEIROS.jpg

Por que o Canadá é tão procurado por brasileiros?

Por Team Hotcourses Brasil *

A Pesquisa Selo Belta realizada pela Belta – Associação Brasileira de Agências de Intercâmbios e divulgada no primeiro semestre do ano não deixa dúvidas: o Canadá cresceu em popularidade entre brasileiros interessados em uma experiência de estudos no exterior.

Entre aproximadamente 2 mil entrevistados, 26,6% disseram ter ido ou planejar ir estudar no Canadá. Esta porcentagem ganhou de outros destinos bastante famosos, como Estados Unidos (23,1%), Austrália (9,3%), Irlanda (7,6%) e Reino Unido (3,8%).

Mas por quê? O que fortificou a popularidade do Canadá entre os estudantes brasileiros?

 

Fator financeiro: custo de vida no Canadá

Primeiramente, há o fator financeiro. Com a crise econômica que assolou o Brasil entre 2015 e 2016, o dólar americano, a libra e o euro subiram significativamente. Um dólar canadense equivale a R$ 2,43*; já o dólar americano custa R$ 3,20*; a libra, R$ 4,08*; e o euro, R$ 3,58*. Esta diferença pode pesar bastante na conta final, quando somados os valores do curso, viagem, acomodação e custo de vida.

O custo de vida é, na verdade, outro ponto a favor do Canadá. Segundo o site Numbeo, morar na cidade de Quebec e em Montreal, sai, respectivamente, 32,8% e 31,32% mais barato do que em Nova York. E, embora o custo de vida em Toronto seja 28,31% mais caro do que em São Paulo, esta porcentagem é razoável comparada a outras cidades mais populares, como Londres e Dublin, que são, respectivamente, 55,17% e 52,04% mais caras do que a capital paulista.

 

O acolhimento do estrangeiro e o multiculturalismo

O Canadá é um país seguro e é altamente estável econômica e politicamente”, apontou Anouk Bergeron-Laliberté, cônsul comercial no Consulado Geral do Canadá em São Paulo, durante a apresentação dos resultados da pesquisa da Belta em São Paulo. “Outro ponto que ajuda na qualidade de vida dos alunos que vão para lá estudar é que os canadenses são muito acolhedores na recepção do estrangeiro e também na recepção de todos os imigrantes que chegam ao Canadá.

Ele é um país que foi povoado por imigrantes, então temos este vínculo muito próximo às pessoas de outras culturas, e acho que isso é um ponto bem caracterizado da personalidade dos canadenses”.

Uma comprovação deste acolhimento de estrangeiros é a atual campanha #WelcomeRefugees que, com apoio do governo canadense, já recebeu mais de 30 mil refugiados sírios que precisaram deixar seu país devido à guerra civil.

Mas este é só um exemplo. O Canadá tem a maior taxa de imigração per capita do mundo, cultua o pluralismo religioso e sua população é formada por cidadãos ingleses, franceses, escoceses, irlandeses, alemães, italianos, chineses, ucranianos e de inúmeras outras etnias.

Além disso, o Canadá é um país bilíngue, ou seja, tanto o inglês quanto o francês são reconhecidas como línguas oficiais nacionalmente. Mesmo assim, seis milhões de canadenses não têm um desses idiomas como língua materna: mandarim, italiano, alemão, espanhol, árabe e até mesmo o português aparecem como idiomas não oficiais mais falados no país.

 

Qualidade de vida no Canadá

Como mencionou a cônsul comercial canadense, o Canadá é um país seguro e estável. No mais recente ranking da Economist Intelligence Unit (EIU) das melhores cidades do mundo para se viver, o Canadá conseguiu três lugares no top 5: Calgary em 5º, Toronto em 4º e Vancouver em 3º (perdendo apenas para Viena, na Áustria, e Melbourne, na Austrália).

Esse excelente resultado é uma avaliação do mercado consumidor, sistema de saúde, política pública, educação, transporte público, cultura, meio ambiente, estabilidade, segurança e vários outros indicadores de qualidade de vida.

 

Universidades canadenses estão entre as melhores mundo

Não só a qualidade de vida conta como também a do setor de ensino superior canadense. O famoso ranking das melhores universidades do mundo da Times Higher Education de 2016 trouxe oito universidades do Canadá no top 200: Universidade de Toronto (22ª), Universidade da Colúmbia Britânica (36ª), Universidade McGill (42ª), Universidade de Montreal (103ª), Universidade de Alberta (107ª), Universidade McMaster (113ª), Universidade de Waterloo (173ª) e Universidade de Calgary (195ª). Este é o quinto melhor resultado do ano: apenas Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Holanda conseguiram colocar mais universidades entre as 200 melhores do mundo.

No geral, 26 instituições canadenses conquistaram um lugar geral no ranking de 2016. O resultado vem para comprovar o crescimento do país como uma potência educacional mundial. Vale lembrar que um dos fatores de avaliação da Times Higher Education é a perspectiva internacional de cada universidade: a média de estudantes estrangeiros/professores no corpo discente/docente comparada à média de nativos e o número de colaborações internacionais.

 

Quer saber mais sobre outros programas de intercâmbio nas principais cidades no Canadá?
Confira todas as opções do STB, a melhor agência para o seu intercâmbio!

INTERCÂMBIO NO CANADÁ

 

Posso estudar e trabalhar no Canadá?

O país, assim como Austrália e Irlanda, tem uma legislação que permite ao estudante de intercâmbio na Canadá trabalhar durante os estudos por 20 horas semanais. Após a conclusão do curso, o Canadá dá também a opção de tirar um Post-Graduation Work Permit (PGWP) que permite se inscrever para permanecer no país com o intuito de conseguir uma vaga profissional ou aceitar uma oferta já recebida, e é também o primeiro passo para quem tem interesse de conseguir uma residência permanente no país.

Recentemente, o governo canadense revelou que estuda facilitar a obtenção da residência permanente e até da cidadania para trabalhadores internacionais temporários. Isto se faz necessário devido à constante escassez de mão de obra qualificada em províncias e setores específicos do país, o que explica a constante procura por profissionais estrangeiros no Canadá.

 

Junção de fatores favoráveis

A popularidade do Canadá como destino de estudo entre brasileiros é um resultado de todos estes fatores favoráveis: uma qualidade de vida invejável, um povo multicultural e acolhedor, oportunidades profissionais para estrangeiros, preços de cursos e custo de vida relativamente mais baratos do que outros destinos famosos e um sistema de ensino superior de qualidade que não para de crescer e se aperfeiçoar.

*Cotação do dia 04 de outubro de 2016.

*Hotcourses Brasil é um portal com dicas para ajudar o estudante brasileiro a encontrar a instituição, escola, faculdade ou universidade internacional na qual ele deseja estudar.

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: