acomodação no intercâmbio

Acomodação no intercâmbio #1 - Casa de Família para intercâmbio

Está começando a planejar o seu intercâmbio, mas ainda tem dúvidas com relação a hospedagem? Então confira a nova série do blog sobre acomodação no intercâmbio para entender melhor o funcionamento, as vantagens e desvantagens de cada uma delas! Para este primeiro artigo preparamos: Casa de Família em Intercâmbio. Tudo o que você precisa saber está por aqui. Boa leitura! 

Hospedagem em casa de família

Se fazer uma imersão na cultura local está entre as suas prioridades durante o intercâmbio, a casa de família para intercâmbio pode ser uma boa opção.

Isso porque, convivendo diariamente com uma família que vive no local, você terá a oportunidade de acompanhar de perto os seus hábitos e costumes. 

Além disso, a prática do idioma fora da sala de aula (em situações cotidianas) também pode contribuir com o seu processo de aprendizado – e a presença de um responsável na acomodação poderá proporcionar a sensação de segurança muitas vezes necessárias para quem viaja sozinho pela primeira vez.   

O fato de poder contar com café da manhã e jantar foi um dos motivos que levou o estudante Felipe Pezzato a optar por uma casa de família durante o seu intercâmbio em Los Angeles .

“É uma boa opção para quem não quer gastar tanto dinheiro. A família me recebeu de forma muito acolhedora e me ajudaram em várias questões. Além disso, é ótimo para praticar o idioma e conhecer mais sobre as notícias da região.”, diz.

Como funciona a casa de família?   

As casas costumam estar localizadas em bairros residências, mais afastados do centro e das escolas que, por sua vez, são responsáveis por selecionar e monitorar as famílias.         

É importante ter em mente que, diferentemente das famílias que recebem estudantes de High School (que costumam criar laços mais profundos com os viajantes), a maioria das hostfamilies que aluga quartos para estudantes internacionais de cursos de curta duração costuma manter a relação um pouco mais distante – o que não quer dizer que elas não possam ajudar com eventuais problemas e dificuldades ou contribuir com dicas sobre a cidade.

Você também pode gostar de: Como são as famílias que recebem alunos de High School?

Também é preciso levar em consideração que optar por morar em uma homestay significa aceitar as regras daquela família com relação a horários e organização.

Isso quer dizer que pode ser que você fique responsável por alguma tarefa doméstica (como arrumar a cama ou tirar o lixo, por exemplo) ou que tenha horários mais rígidos para chegar em casa. Mas estas regras variam bastante de acordo com a rotina de cada família.

Quer saber mais sobre como funciona a casa de família para intercâmbio, veja abaixo o vídeo da Michele Alves, explicando tudo sobre. E, ah, o você vai aprender tudinho em apenas 1 minuto. 

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: