universidades-no-canada--1

10 dúvidas mais frequentes sobre universidades canadenses

Em 2017, a consultora britânica Quacquarelli Symonds (QS) elegeu a cidade de Montreal como a melhor cidade para estudantes em todo o mundo. Além dela, Vancouver, Toronto e outras duas cidades canadenses também marcaram presença no ranking, que leva em consideração a qualidade de vida, a diversidade dos estudantes, as oportunidades de trabalho após a graduação, o custo de vida e a opinião dos estudantes.

Também conhecido pela hospitalidade, a preocupação com a sustentabilidade e a excelente qualidade de ensino de suas faculdades e universidades, o Canadá é cada vez mais procurado por estudantes estrangeiros em busca de educação superior de qualidade.

Mas, afinal, o que é preciso para fazer uma  universidade no Canadá? Quais são os documentos necessários? Como é a vida no campus?

Confira, abaixo, as respostas para dez das perguntas mais comuns sobre o assunto!
1- Como funciona o ano letivo no Canadá?

O ano letivo canadense tem início na primeira semana de setembro e é dividido em três períodos (ou “termos”, como são chamados). São eles o Fall term (termo de outono), que vai de setembro a dezembro;             o Winter term (termo de inverno), que vai de janeiro a abril; e o Summer term (termo de verão), que vai de maio a agosto – quando também acontecem as férias escolares.  
2- Quais são as melhores universidades do Canadá?

Segundo a edição 2018 do QS World University Rankings, que classificou cerca de mil universidades em 84 países diferentes, há 26 universidades canadenses entre as melhores do mundo. Confira o Top10:

Ranking-universidades-canadenses.jpg
3- Qual é a diferença entre college e university no Canadá?

A principal diferença entre estas instituições está relacionada ao método de ensino de cada uma delas. Enquanto os colleges oferecem cursos mais técnicos e práticos, alinhados às práticas de mercado, as universidades têm programas acadêmicos teóricos, com maior foco em pesquisa.

Nos colleges são oferecidos certificados, diplomas, programas de transferência universitária (Associate Degrees), bacharelados e pós-graduação de especialização   e a duração dos programas varia de 6 meses a 4 anos.

Já nas universidades, a média de duração dos cursos, que são lecionados em período integral, é de quatro anos. Elas também oferecem certificados e diplomas, além de bacharelados e certificados de pós-graduação e mestrado.

4- Como funciona o processo de application para estudar em uma universidade canadense?

Enquanto as universidades brasileiras se baseiam exclusivamente na nota do vestibular para selecionar seus alunos, as instituições canadenses têm um processo seletivo mais holístico e levam em conta diversos fatores na hora de decidir quem fará parte de seu corpo discente.  

De maneira geral, ainda que possam variar bastante de universidade para universidade (redações, entrevistas e até exames médicos podem fazer parte das exigências), o processo de application consiste, principalmente, de:        inscrição no site da instituição; Apresentação do histórico escolar e do certificado de conclusão do ensino médio traduzidos e juramentados por um tradutor credenciado; Comprovação de proficiência em inglês ou em francês (dependendo da cidade onde se irá estudar) por meio de exames como o TOEFL ou o IELTS.*

*A pontuação mínima exigida varia de acordo com o curso e a instituição em que se pretende estudar.
5- Que tipo de visto eu preciso ter para fazer faculdade no Canadá?

Todas as pessoas que desejam estudar no Canadá por um período superior a seis meses deverão emitir o visto de estudante. Para isso, é necessário apresentar, dentre outros documentos, a carta de aceitação enviada pela escola, o passaporte atual com validade mínima de seis meses os passaportes anteriores (quando houver), uma cópia da última declaração de Imposto de Renda e os três últimos extratos bancários.
6- O meu diploma de ensino médio brasileiro será reconhecido pelas universidades canadenses?

Sim. Qualquer diploma de ensino médio reconhecido pelo governo brasileiro será reconhecido, também, pelo governo canadense. A única preocupação que o aluno deve ter em relação ao diploma tem a ver com a sua tradução, que deve ser feita por um tradutor juramentado e enviada à faculdade durante a fase de application. 

7- É preciso dominar tanto o inglês quanto o francês para estudar em uma universidade no Canadá?

Nem sempre. Normalmente, basta comprovar (por meio de testes de proficiência como TOEFL e IELTS) o domínio do principal idioma falado na província onde se pretende estudar. Assim, aqueles que farão faculdade em Québec, por exemplo, precisam demonstrar domínio do francês, enquanto estudantes que desejam morar na Colúmbia Britânica, do inglês.          

8- As faculdades canadenses oferecem bolsa de estudo para estudantes internacionais?

Sim, a maioria das universidades e faculdades canadenses oferece programas de descontos parciais para alunos estrangeiros.  A University of British Columbia, em Vancouver, por exemplo, disponibiliza mais de CAD 10 milhões para programas de financiamento e bolsas de estudo destinados a alunos internacionais. Para saber mais sobre os tipos de programa e os critérios de elegibilidade, fale com um especialista em intercâmbio.

9- Eu poderei trabalhar enquanto estiver na universidade?

Todos os estudantes internacionais que estiverem matriculados em escolas designadas pelo governo canadense que forneçam certificado ou diploma e cujos cursos de Higher Education sejam lecionados em período integral por mais de oito meses têm permissão para trabalhar por até 20 horas semanais durante o curso e 40 horas semanais durante as férias. 
10- Quais são as opções de acomodação para estudantes universitários?

A infraestrutura dos campi universitários no Canadá costuma ser bem completa e organizada – incluindo desde laboratórios e bibliotecas até complexos esportivos, restaurantes e academias. Por isso, a maioria dos estudantes prefere se hospedar nas residências estudantis que ficam dentro do próprio campus.

Além do acesso a todas estas facilidades, este tipo de moradia também favorece a integração entre os alunos, já que os quartos, banheiros e espaços de convivência neste tipo de moradia costumam ser compartilhados.
Outras opções de acomodação comuns entre os alunos universitários são as residências estudantis localizadas fora do campus e o aluguel de quartos individuais ou compartilhados.

Quer saber como fazer uma universidade no Canadá?

FALE COM UM ESPECIALISTA EM INTERCÂMBIO

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: