custo de vida em dublin.jpg

Custo de vida em Dublin: saiba como economizar no intercâmbio

Uma das principais preocupações de todo estudante ao escolher fazer um intercâmbio na Irlanda é em relação ao custo de vida no país, em especial na capital, Dublin.

Mas por que tantos estudantes brasileiros procuram a Irlanda e, mais especificamente, fazer um intercâmbio em Dublin? Com as facilidades de uma grande metrópole, o benefício de oferecer um dos maiores salários da Europa e a possibilidade de permitir que estrangeiros conciliem estudo e trabalho, não é à toa que a cidade seja tão disputada. 

Distribuição de gastos por mês* em um intercâmbio em Dublin:

Com um poder de compra 113,41%* maior do que São Paulo, Dublin tem um custo médio de vida baixo em relação a outras cidades da Europa e uma média salarial relativamente alta. Por lá, o estudante poderá encontrar diversas oportunidades, mas também terá de arcar com alguns custos durante seu período de moradia na Irlanda.

Um levantamento realizado em 2017 pelo site Numbeo revela que os maiores gastos de quem vive em Dublin estão relacionados a aluguel e moradia, um padrão que se repete em outras capitais do velho continente.

Neste quesito, o estudante que escolhe morar no centro da cidade tende a ter maiores gastos com moradia. Em contrapartida, o estudante que opta por morar em regiões mais afastadas do centro pode acabar economizando.

Outro gasto que demanda boa parte das economias de quem pretende fazer um intercâmbio em Dublin é a alimentação. Se somada a quantia gasta com mercado e restaurante, estima-se que um morador despenda em torno de 37% de sua renda, como aponta o levantamento do site Numbeo.

Confira, abaixo, o gráfico detalhado do custo de vida em Dublin:

Gráfico de custo de vida em Dublin

*pesquisado em 04/10/2017

Moradia em Dublin

Considerado a maior despesa para quem vive na Irlanda, os gastos com moradia podem variar dependendo da região de Dublin que o estudante escolhe viver. Quem opta por morar no centro da cidade tem vantagens em termos de localização e pode acabar economizando com transporte, mas vai ter de desembolsar um valor maior. O aluguel de um apartamento com três quartos no centro da cidade, por exemplo, pode sair por uma média de  EUR 2.500, por volta de EUR 600 a mais do que o aluguel de um apartamento mais afastado da região central.

Acomodação em Dublin

Além de considerar despesas fixas como o aluguel, quem escolhe morar em um apartamento em Dublin terá de lidar com outros gastos, como eletricidade, água e internet. Dublin é uma cidade conhecida por contar com um alto preço de energia elétrica, por isso é recomendado ficar atento ao consumo de energia para evitar surpresas desagradáveis com a conta de luz.

Estima-se que os moradores da cidade gastem em média EUR 145,58 com contas básicas, dentre as quais estão contas de eletricidade, água, lixo e aquecimento – sim, a cidade pode ser muito fria no inverno! Entre essas contas também deve ser considerado o valor da internet, que pode custar por volta de EUR 47,49, e do celular, com planos que podem começar a partir de  EUR 9,99. Essas contas podem ser suavizadas se divididas com outras pessoas, como é de costume entre os estudantes internacionais em Dublin.

Outra opção muito popular entre quem escolhe fazer intercâmbio em Dublin é a acomodação em casa de família, alternativa confortável e até mesmo mais econômica de se hospedar na cidade. Quatro semanas de estadia neste tipo de acomodação podem custar em torno de EUR 750, na baixa temporada.

Existe, ainda, a possibilidade de se hospedar em uma residência estudantil, acomodação reconhecida por promover o encontro entre estudantes de diversas partes do mundo e garantir a melhor localização da cidade. No entanto, essa opção pode ter um preço um pouco mais alto, custando por volta de EUR 820 o pacote para quatro semanas de hospedagem na alta temporada.

Estimativa de gastos com contas e moradia em Dublin

Transporte em Dublin

Embora Dublin não seja uma cidade grande em termos territoriais, o transporte na cidade é digno de uma metrópole como São Paulo. O meio de transporte mais popular entre os estudantes é o chamado Luas, o metrô de superfície da cidade, mas Dublin também oferece diversas linhas de ônibus, além do Dart, trem que corta a região costeira e liga a cidade a lugares mais afastados.

Independentemente da maneira escolhida para se locomover, uma boa opção é fazer o Student Leap Card, um cartão recarregável que permite que estudantes paguem menos em transportes públicos como o Irish Rail, Dart, Bus Eireann, Luas e Dublin Bus. O preço do pacote que cobre todos os meios de transporte citados é EUR 30 por semana, totalizando aproximadamente EUR 120 por mês.

Luas, transporte público em Dublin

Preste atenção, pois muitos desses transportes não contam com cobradores ou catracas, mas se você for pego burlando o sistema é possível que seja obrigado a pagar uma multa de até EUR 45, anulando toda a economia garantida pelo Student Leap Card.

A maioria das atrações da cidade está concentrada ao redor do Rio Liffey, o que significa que também é possível fazer muita coisa a pé. Por isso, quem mora na região central, apesar de gastar mais com aluguel, pode acabar economizando com transporte. 

É comum, ainda, que os estudantes acabem se tornando adeptos das bicicletas, um dos meios de transporte mais populares de Dublin. Além de ser uma ótima maneira de se manter ativo e aproveitar a cidade ao ar livre, utilizar a bicicleta é uma excelente forma de economizar dinheiro com transporte em Dublin

Alimentação em Dublin

O gasto com alimentação depende do seu perfil de consumo, mas o fato é que existem itens básicos para a sobrevivência dos quais não dá para fugir. Alguns deles compõem a clássica lista de compras da maioria das pessoas no mercado, como leite, ovos e água.

Neste sentido, é recomiendado que o estudante separe ao menos EUR 100 por mês para compras em supermercado. Além de optar por comprar em redes com preços populares, como Tesco e Lidl – algumas delas contam com produção de produtos próprios: invista nesses homebrands para economizar! - , outra dica para não estourar o orçamento é sempre optar por cozinhar e comer em casa, já que uma refeição em um restaurante simples pode custar em torno de EUR 15. 

Estimativa de gasto com leite, pão, ovos, água, arroz e lanches em Dublin

Gorjetas 

É costume dar gorjetas em restaurantes, entre 10% e 20%, de acordo com a qualidade do atendimento. Em táxis não é preciso se preocupar tanto, basta arredondar a conta. Em pubs, a gorjeta é esperada apenas quando há serviço de mesa (de 5% a 10%), mas não quando você beber no balcão.

Compras e lazer em Dublin

A maneira como você escolhe aproveitar o tempo livre e os planos feitos para o seu período de intercâmbio, como participar de shows e viagens, podem impactar diretamente no seu orçamento e, portanto, tudo isso deve ser considerado ao avaliar o custo de vida na cidade.

Veja nosso roteiro e saiba o que fazer em Dublin em um final de semana

Lembre-se de que, como estudante, será possível ter descontos em muitos passeios caso você tenha uma Carteira Internacional do Estudante. Além disso, Dublin tem inúmeras opções de lazer para quem quer aproveitar uma programação gratuita. Nesta lista estão lugares como o The Natural History Museum, a Huge Lane Galery (com obras de artistas como Monet e Renoir), Trinity College e os parques Mountjoy Square e Phoenix Park, entre outros.Compras em Dublin

Quando o assunto é fazer compras em Dublin, a cidade conta com inúmeras lojas onde é possível comprar sem estourar o budget, entre elas estão lojas de departamento como Zara, Primark e H&M, onde um vestido sai em torno de EUR 30.

Gastos com farmácia, provavelmente, também farão parte do dia a dia de quem decide fazer um intercâmbio em Dublin. Entre as mais populares da cidade está a Boots, onde além de medicamentos é possível encontrar uma infinidade de produtos de beleza. Por lá, um remédio para dor de cabeça pode sair por menos de EUR 4, com quatro cápsulas, enquanto um xampu de marca popular custa em torno de EUR 6.

Estimativa de gastos com produtos e roupas em Dublin

*Todos os valores deste texto foram pesquisados em outubro de 2017 e podem sofrer alterações

Agora que você já tem uma ideia sobre o custo de vida na cidade, que tal começar a planejar o seu intercâmbio na Irlanda? 

Baixe o e-book "Planejamento financeiro para o intercâmbio"

 

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: