a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

Como são os americanos?

Meus amigos brasileiros vivem me perguntando como são os americanos, então decidi escrever um post sobre isso. Antes de tudo, quero deixar bem claro que eu não estou julgando eles em sentido algum, apenas estou explicando como as coisas funcionam aqui - e como se acostumar com uma nova cultura.

Como é a cultura americana?

Em primeiro lugar, as pessoas são mais distantes umas das outras aqui. Não sei se é porque eu sou do Brasil e estou acostumada com muitos abraços e com um beijinho na bochecha quando se fala "oi" (sou paulistana gente, pra mim é só um). Mas aqui não é assim, as pessoas mantêm uma distância maior quando estão conversando com alguém e não tem beijo nem abraço quando se cumprimenta alguém. Aqui eu aprendi como dar um "aperto de mão", porque na primeira vez que eu fui cumprimentar alguém e quase dei um beijo na bochecha, a pessoa me perguntou "o que você está fazendo?" com aquela cara de desentendida. Os abraços? Hm... são muito raros! Geralmente só tem abraço entre familiares ou amigos muito próximos.

Como são as refeições dos americanos?

Outro ponto que me pediram para falar mais é sobre o que é aceitável e inaceitável quando as pessoas estão na mesa. No caso da pizza, por exemplo: toda vez que eu como pizza aqui, eu peço talheres. Não gosto de usar as minhas mãos para comer. É o que basta pra me olharem estranho e perguntar "o que você está fazendo?". Eu explico que na minha cultura é normal usar talheres para comer de tudo. Aqui as pessoas usam as mãos para comer sanduíches, hambúrgueres, pizza, e basicamente tudo que conseguir segurar com a mão, mesmo em restaurantes mais chiques. E aqui, se a pessoa arrotar na mesa, ela fala "excuse me", que é tipo um pedido de desculpas. Vocês podem achar meio estranho no começo, mas depois você acaba se acostumando. E pode até parecer errado, mas para os padrões deles não é.

Eu percebi também que as pessoas aqui são bem fechadas nos círculos sociais e, como eu havia falado em um dos meus primeiros posts, foi bem difícil fazer amizade. E um dos motivos é que essas pessoas se conhecem desde o dia que nasceram praticamente. Eles não estão muito acostumados com gente nova entrando na vida deles. E vocês têm de entender que americanos não são como os brasileiros, que amam gringos. Então não esperem muito deles, aqui você vai ter que dar o primeiro passo sempre. A parte boa é que, depois que você conhece eles, tudo fica mais fácil. E eles se tornam os melhores amigos que você poderia ter.

Isadora Cardoso com amiga americana

Bom, pra finalizar quero dizer que eles não são pessoas de outro planeta, eles só têm uma cultura diferente deles com costumes próprios. E vir pra cá vai exigir que você se acostume e respeite seus hábitos. Porque, se você parar e pensar, eles teriam que se acostumar com a nossa cultura, caso estivessem no Brasil, também.

Espero ter ajudo com essas dicas! Vejo vocês próxima semana!

Quer fazer como a Isadora Cardoso e  estudar nos Estados Unidos? Fale com um especialista em intercâmbio do STB!

FALE COM UM ESPECIALISTA EM INTERCÂMBIO

Isadora Cardoso

Isadora Cardoso

A paulistana Isadora Cardoso escolheu os Estados Unidos como destino para estudar o último ano do ensino médio. Após o High School, ela tentará ingressar em uma universidade no país e conta sua experiência, tim-tim por tim-tim. Acompanhe!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: