Quanto custa viver em Nova York? (Parte 2)

Continuando nossa comparação de preços Brasil versus Nova York, vamos a parte que mais nos interessa: o que é mais barato na Big Apple. Preparem os cartões de crédito, pois existem não apenas alguns, mas muitos produtos aqui nos EUA que são assustadoramente mais baratos do que na nossa pátria. Às vezes a diferença chega a ser duas a três vezes o valor do item.

É aí onde os turistas precisam aproveitar os "deals" - com moderação - e os estudantes precisam se segurar! No post anterior, contei que o comportamento de consumo entre essas duas classes precisa ser diferente. Comprar sem precisar tudo o que vê pela frente só porque é absurdamente mais barato que no Brasil é tentador, mas um erro grave.

Caso isso aconteça, no primeiro mês o intercambista estará com uma dívida bizarra, o custo de vida altíssimo e a grana escassa. Mas estudantes: comprem sim, aproveitem, mas lembre-se também quanto tempo você ainda tem pela frente!

Dito isso, vamos às dicas! Tudo para você ter uma ideia melhor quantos dólares precisa levar em sua viagem ou intercâmbio!

Já comentamos que produtos e serviços relacionados à necessidades básicas, como um lugar para viver, alimentação, saúde e cabeleireiro são mais caros aqui nos EUA do que no Brasil. Outros tipos de produtos, como vestuário, produtos de beleza, eletrônicos, móveis e utilidades domésticas, automóveis e passagens de avião, aqui são imensamente mais baratos.

Vestuário

Nesse post aqui! sobre Compras em Nova York, dei dicas de outlets e locais onde você pode encontrar roupas de marca com um grande desconto.

Para se ter uma noção, vou contar sobre algumas peças do meu guarda-roupa: moleton Paul Frank por $20, blusa de malha Ralph Lauren por $15, camisetas Calvin Klein por $15, casacos e sobretudos Tommy Hilfiger por $120.

Lembrando que estamos falando de outlets e roupas de marca, ok? Se você não curte garimpar, marcas ainda são a metade do preço do que no Brasil em lojas normais, como a megastore Macy's. Lá, por exemplo, você encontra bolsas da Guess por $110 e relógios Adidas por $50.

Se marca não é importante e o que você se interessa mesmo é por moda, vale muito correr para lojas como H&M e Forever 21 localizadas em todo canto da cidade. Nelas você encontra roupas modernas e jovens, para todos os gostos, por preços de banana.

Um vestido de festa que facilmente custaria R$150,00 na Zara, você compra nessas lojas por $30. Sempre corro lá para comprar essas blusinhas básicas por $5 e Jeans por $20. Mas já adiantando que o barato tem preço, a qualidade não é muito boa, ou seja, depois de algumas várias lavagens você vê claramente o desgaste nas peças.

Eletrônicos

Essa é minha sina. Não posso ver um lançamento que fico me segurando para comprar. Ainda mais que leva um tempinho para eles serem lançados no Brasil e, todos vão dizer que não, mas sabem que é uma delícia comprar um produto que quase ninguém tem. E por um preço ainda muito melhor do que quando ele for lançado.

Enquanto estou morando aqui já tive que me segurar no lançamento do iPad, novo XBOX 360, Kinect, iPhone 4, Boxee, TV em 3D e tantos outros. Para uma entusiasta de tecnologia é difícil, mas é isso que eu estou falando de saber se controlar.

Os preços? Você compra um aparelho de Blu-Ray aqui com Internet por $100, uma televisão 32 polegadas por $400, XBOX por $200 e Nintendo DS por $120. Fora câmeras digitais, lentes, computadores, impressoras. É tentador!

Fiz um post sobre os melhores locais para se comprar eletrônicos em Nova York, é só ver aqui!

Transporte

Algo que me deixou apaixonada por Nova York é a organização da cidade e seu metrô inteligente. Pode parecer até que caro o passe mensal ilimitado do metrô daqui custar $104, mas é algo que eu pago com gosto. Sério, tem dias que faço fácil 8 viagens de metrô, se eu comprar o individual, daria $20 por dia, $600 por mês. Com esse passe de $104 (unlimited!) você sobe, desce, cruza e descruza Manhattan, Brooklyn, Bronx, Queens, Staten Island e Roosevelt Island!

Novo mapa do metrô de Nova York

E é só disso que você precisa. O mesmo passe vale para os ônibus também, mas raramente uso para isso. Taxi? Só de vez em quando quando estou com muita preguiça de andar para pegar o metrô. Lazy... Mas você pode viver fácil sem taxis, carros e ônibus. Existem estações de metrô quase que em cada esquina e os trens circulam 24 horas por dia, 7 dias por semana. Não fecham e é super seguro!!

Além de ser super rápido, você se livra do engarrafamento, intensa e desgastante busca por vagas para estacionar, valet, prestação do carro, seguro, multas, stress, assaltos. Eu super amo o sistema de transporte de NY. Tem um post aqui que eu conto mais detalhes sobre o nosso subway.

** Você encontra quanto custa estes e outros itens em Nova York e em outras cidades baixando Aqui! o aplicativo do STB para iPhone **

Bruna Calheiros

Bruna Calheiros

Paulista e blogueira, Baunilha é publicitária e apaixonada por games, seriados, HQ, cinema, design e arte. Com projetos promissores e vontade de aproveitar tudo o que o mundo tem para oferecer, ela está estudando em NY e você pode conferir os textos repletos de dicas e detalhes sobre a cultura norte-americana que a @baunilha prepara especialmente para vocês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: