Preparação para a pós-graduação nos Estados Unidos

Quem acompanha meus posts e conhece a minha história sabe que há exatamente um ano vim para os Estados Unidos a fim de buscar meu sonho de fazer uma pós-graduação no exterior. Uma importantíssima decisão que ainda levaria alguns passos para se concretizar.

Primeiramente, eu queria me sentir confiante com meu inglês, tanto pelo idioma ser de extrema importância, quanto para ser capaz de compreender 100% das aulas na faculdade. Eu também necessitava atingir determinada pontuação no TOEFL, o teste que as escolas e universidades norte-americanas exigem e que prova a sua proficiência na língua. Assim, comecei a fazer cursos para desenvolver meu inglês.

Seguindo com meus planos, também me inscrevi em um curso relacionado com a pós-graduação (conhecida como "graduate" ou "master degree"). Um curso de verão em Design e Tecnologia na Parsons, para saber o tipo aulas que eu iria encontrar no mestrado e ter certeza que era essa pós que eu estava procurando.

 

Também sempre fui apaixonada por cinema, vídeo e animação, ouvi muito sobre a New York Film Academy e sempre tive muita curiosidade e vontade de fazer um curso lá. Assim, seguindo minhas paixões e melhorando meu currículo, a NYFA também passou a ser um passo importante nessa trilha ao update profissional.

Em paralelo a isso, eu continuava pesquisando sobre os cursos de mestrados oferecidos em Nova York na área que eu tinha interesse. Assim, para quem tem vontade de fazer uma pós-graduação nos Estados Unidos, esse é "O" post. Espero que com a experiência que adquiri nessa área, eu possa, de alguma forma, ajudar a todos que compartilham deste sonho. Vamos lá:

1) Quero fazer pós-graduação nos Estados Unidos, e agora?

Agora é hora de você se mexer e ir atrás do seu sonho! Não vou dizer que é moleza, porque não é verdade. Mas é mais fácil do que parece ser. Então, coragem e garra.

A primeira dica que dou, se você não faz a mínima ideia de que tipo de pós você quer fazer, é:

  • analise seu histórico até agora,
  • pense nas suas paixões e interesses,
  • visualize o que você busca para seu futuro,
  • quais matérias que te despertam curiosidade,
  • quais as lacunas de conhecimento que você tem interesse de preencher ou melhorar no seu trabalho.

É baseado nisso que irá buscar o curso perfeito para a sua pós-graduação. Um curso que se encaixe nas suas necessidades. Por exemplo, eu quero me aprofundar no estudo de comunicação aplicada às novas tecnologias, social media e Internet, e sou apaixonada por arte, animação, fotografia e vídeo. Assim, minhas buscas começaram com palavras chaves assim no Google para descobrir as universidades de Nova York (sim, já havia decidido pela cidade!) que tivessem cursos de mestrado em áreas relacionadas. Nem o nome do curso eu sabia e, depois fui descobrir que cursos de mestrado equivalentes acabam por receber nomes diferentes. Mas encontrei várias possibilidades que me interessaram bastante.

Descobertas inúmeras opções de cursos, rankings são excelentes formas de comparação entre as faculdades (como os da U.S. News), porém também é bacana perguntar e conversar com profissionais da área e professores.

Foto: Getty Images

O sistema de aulas nas universidades dos Estados Unidos costuma ser diferente. Você tem um determinado número de "créditos" (aulas/semestre) para fazer, algumas classes são obrigatórias, mas muitas matérias você é quem decide  frequentar ou não, de acordo com as inúmeras opções que recebe. Assim, tenha certeza de checar a grade curricular e ver se as aulas respondem ou não ao seu interesse. Você não irá frequentar todas, e sim, escolher de acordo com sua especialidade.

2) Escolhi algumas opções de cursos e faculdades. Qual o próximo passo?

Você já sabe diversas faculdades que oferecem cursos interessantes e está mega empolgado! Já sabe também quais são os seus preferidos, o seu TOP 5. Agora é mergulhar nos sites que apresentam o curso e lê-los de cabo a rabo, para ter certeza absoluta que são esses mesmo e começar a preparar o material para a inscrição no processo seletivo.

Esse processo é complicadinho, diversos documentos são requeridos e obrigatórios. Diferente do Brasil, não existe "o jeitinho" e tudo é bem burocrático e certinho. Ou seja, o deadline é o dia final para todos esses documentos obrigatórios chegarem na universidade em questão. Preste bastante atenção nas datas, formas de envio e lembre-se que é recomendado enviar tudo por correios bem antes do prazo e com número de rastreamento para ter certeza quando irá chegar.

Foto: Getty Images

O processo seletivo nos EUA não é uma prova vestibular ou apenas uma inscrição, e sim uma rigorosa seleção onde eles analisam cada um dos estudantes e escolhem os melhores segundo seus próprios critérios. Assim, é necessário deixar seu currículo tinindo!

Os documentos requeridos variam de faculdade para faculdade, e você deve checar com as universidades do seu interesse quais são eles. Porém, na maioria dos casos, eles são bem parecidos com esse padrão a seguir.

3) Já tirei minhas dúvidas quanto ao curso, sei tudo o que precisava, inclusive os deadlines. Quais os documentos que necessito preencher e enviar?

Como comentei anteriormente, os documentos podem variar dependendo da faculdade e o tipo de curso. Para pós-graduações no campo das artes, por exemplo, é necessária a apresentação de um portfólio (em papel, CD ou online). Já para pós na área de marketing é requerida a nota em um teste chamado GMAT. Assim, dependendo da sua especialidade, os requerimentos podem ser diferentes.

Foto: Getty Images

Publico aqui o que foi pedido nas minhas inscrições para o MFA, sigla para Mestrado em Fine Arts, para você ter uma ideia:

- Formulários preenchidos online: formulários da própria faculdade (normalmente encontram-se na área "apply"), com perguntas como nome, endereço, telefone, email, curso pretendido, tipo de visto, etc.

- Currículo em 1 página: lembrando que o formato de currículo americano é um pouco diferente do brasileiro.

- De 2 a 3 cartas de referência: cartas de recomendação de pessoas que já trabalharam com você (chefe, supervisor, diretor), professores ou pessoas que podem de alguma forma articular sobre seu trabalho.

- Carta de apresentação: chamada de "statement letter" ou "statement of purpose" é uma carta escrita por você, onde você se apresenta, conta um pouco sobre sua história, suas razões de fazer aquela faculdade, como você irá contribuir para a faculdade e projetos futuros que você espera realizar depois que se formar. Cada faculdade pode pedir para você escrever dando ênfase em diferentes pontos, mas é basicamente isso. As cartas variam de 500 a 1000 palavras, aproximadamente 2 ou 3 páginas.

- Histórico escolar original e traduções juramentadas: para fazer uma pós-graduação é necessário ter completado o curso de graduação. Assim, também é requerido o envio do histórico escolar e carta de conclusão de curso da faculdade, ambos originais. Porém, esse será em português e, assim como todos os outros materias, é necessário traduzir. Mas essa tradução desse documento oficial é diferente. Ela é uma tradução "juramentada", o que significa que é necessário levar esses documentos em um tradutor oficial que tem uma licença para traduzir esse tipo de documentação.

- Portfólio: no caso do MFA em Design e Tecnologia, como disse anteriormente, é necessária também a produção de um portfólio com 15 a 20 trabalhos. Cada curso pedirá um tipo diferente de trabalho e formas diferentes de envio. A maioria prefere um portfólio online, mas algumas faculdades pedem por um reel em CD.

- TOEFL: escrevi um post dedicado ao TOEFL e comentando sua importância Aqui!. Todos os cursos que oferecem algum tipo de diploma irão pedir que o aluno tenha proficiência na língua e o TOEFL é a forma padrão que eles têm de garantir que isso aconteça. A nota mínima no TOEFL também varia de acordo com cada faculdade e curso, podendo ser entre 80 a 110 em pós-graduações. No momento de inscrição para o TOEFL (feito pela internet no site oficial), você já coloca quais universidades e cursos que você gostaria de fazer, e eles enviam a sua nota automaticamente. Lembrando que a nota pode levar até 4 semanas para sair, então se programe!

- Pagamento de Taxa de inscrição não reembolsável: Depois de tudo certinho, pronto para enviar, você confirma sua inscrição e paga uma taxa (normalmente online com cartão de crédito) que varia de $50 a $130 dólares.

Normalmente as inscrições acontecem em Dezembro/Janeiro, o resultado chega entre Março/Abril e as aulas começam entre Agosto/Setembro.

Depois de tudo isso é cruzar os dedos e esperar o resultado!!! Boa sorte ;)

Bruna Calheiros

Bruna Calheiros

Paulista e blogueira, Baunilha é publicitária e apaixonada por games, seriados, HQ, cinema, design e arte. Com projetos promissores e vontade de aproveitar tudo o que o mundo tem para oferecer, ela está estudando em NY e você pode conferir os textos repletos de dicas e detalhes sobre a cultura norte-americana que a @baunilha prepara especialmente para vocês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: