STB NO MUNDO

Perdido em um lugar novo – quem nunca?

Where I am?

Published

on

Essa semana foi animal e, por causa das aulas de inglês, agora já consigo me virar muito melhor por aqui. Comecei a dar mais rolês pela cidade, não só para entender como é o cotidiano dos ingleses, mas também para conhecer e explorar mais lugares. Confesso que isso funciona muito mais para mim em lugares onde o horário não importa tanto, hahaha. 😀

_MG_7393_red

Nessa terça feira eu quis conhecer lugares em Londres onde eu não tinha ido ainda, mas decidi confiar apenas no meu senso de direção. Infelizmente descobri que ele não funciona muito bem, principalmente em lugares em que a língua é desconhecida! Geralmente isso não tem muito problema para mim, pois posso levar dias andando, mas uma hora eu me encontro! Mas me esqueci de que aqui eles jantam às 6h da tarde e que a questão de jantar todo mundo junto é muito importante para a família, que me recebeu superbem.

 

Resultado: parei em um lugar que ficava a pelo menos 1h de casa, e nisso já eram 5h30 da tarde. Só que ao invés de fazer o mesmo caminho de volta para chegar a tempo, eu quis cortar caminho. O único problema era que eu não sabia onde estava! Achava que estava pertinho, que era só virar a próxima rua que tava lá, até que fui parar numa linha de trem quase fora da cidade e decidi perguntar para todo mundo que encontrava pela rua como eu poderia fazer o caminho de volta. E depois disso tudo, ao invés de chegar apenas 30 minutos atrasado, foram 2h e meia. :/

Algumas dicas que podem ajudar MUITO caso não você não tenha ideia de onde esteja:

 – Sempre leve um mapa, caso seja uma pessoa que gosta de se perder, mas em algum momento precisa voltar para casa;

 – Não tenha medo de perguntar – mesmo que seja com gestos, malabares, desenhos feitos à mão ou placas com ícones;

 – Outra dica importante que descobri só agora porque uma amiga me disse: o Google Maps funciona sem net! Isso teria me ajudado muito, hahaha!

_MG_7459_red

Fui conhecer também a cidade mais famosa da Inglaterra, Londres. Confesso que gostei mais de lá do que de Cambridge, pela capital ser uma cidade mais maluca e ter um monte de coisas acontecendo ao mesmo tempo. Talvez seja porque eu sou de São Paulo e gosto de viver no meio dessa loucura toda!

_MG_7400_red

 E por lá tem coisas muito bacanas, como Greenwich, Big Ben, Tower Bridge e outros ícones da cultura inglesa. Mas algo que achei muito interessante foi o National Maritime Museum, onde você fica sabendo como a Inglaterra colonizou diversos países através dos mares e como isso ajudou na ciência. Vale muito a pena ir!

 

 

Continue Reading
Click to comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2019 - STB - Todos os direitos reservados