IMG-20150813-WA0004-e1439498164815-750x540.jpg

No clima ou na cozinha, temperatura sobe em Marrocos

Salam Aleikum, estamos no Marrocos!
Neste exato momento estou em minha cama no hotel em Marrakesh com o ar condicionado no talo. Além do calor, aqui é muito seco. Vento? Só se abanado e olha lá! Eu e o fotógrafo Baleia, meu parceiro de viagem, já passamos por algumas cidades:
Casablanca, a capital financeira, foi o nosso primeiro contato com o Marrocos e as medinas. Ainda não estávamos junto das outras pessoas do Travel Food Adventure, então resolvemos nos aventurar sozinhos, caminhando entre becos, pequenos comércios e pessoas rezando. 
No dia seguinte nos encontramos com o grupo. No total, éramos nove pessoas de seis países diferentes. Partimos assim para Meknes, cidade pequena no alto das montanhas, bem tradicional cultural e religiosamente. Lembra muito Luci, cidade do Líbano de onde minha família veio.

IMG-20150813-WA0005-750x563.jpg
 

Em Meknes a temperatura já começa a subir, tanto no clima quanto na cozinha. A matriarca da Riad onde estávamos nos mostrou como fazer cuscuz e claro que me aventurei a cozinhar. No Brasil, eu já havia feito, mas confesso que fiquei tenso em fazer uma receita diferente da tradicional na terra onde o cuscuz é motivo de orgulho nacional. Fiz a minha a receita e – tchan, tchan, tchan - ela foi aprovada, tanto pela família marroquina, quanto pelos viajantes. Ufa! Já podíamos seguir viagem para Fez e depois para Marrakesh.

IMG-20150813-WA0000-750x750.jpg

Em Fez conhecemos templos lindos e caminhamos a fundo pela sua medina. Animais expostos, cabeças de camelo, matadouro de galinhas, vegetais lindos, especiarias mais lindas ainda, vestuário e por aí vai! A temperatura? Só sobe! E em Marrakesh, mais ainda. Marrakesh é a cidade mais turística do país. Pessoas de todos os cantos da Europa estão dispostas a conhecer uma nova cultura e a negociar. Sim, aqui tudo se negocia, até o calor, haha. Na medina, o que mais se escuta é: “quanto custa?” e “quanto quer pagar?”, em todas as línguas possíveis e imagináveis. Essa cidade ainda tem muito que mostrar.
IMG-20150811-WA0002-768x1024.jpg
 
 

Pensando bem, não quero mais encontrar camelos albinos, não. Quero sombra e água fresca - e acho que em Essouria, nossa próxima parada, vamos encontrar!

 

Para saber mais sobre essa aventura do Baleia e do Mohamad, clique aqui.
Mohamad Hindi Neto

Mohamad Hindi Neto

Desde a infância, Mohamad Hindi Neto era presença certa na cozinha: primeiro na da mãe, em São Bernardo do Campo, onde aprendeu o bê-a-bá da culinária libanesa; depois, na bancada do Masterchef Brasil, onde ganhou jurados e fãs com sua escolha ousada de sabores. Se não levou o primeiro prêmio do programa, o cozinheiro ganhou seu espaço como profissional, e hoje se dedica a conhecer diferentes temperos e preparos, um objetivo que o traz ao STB. Como #STBFriend, Mohamad embarca para o Marrocos, em um roteiro pela gastronomia, um rico caldeirão onde influências mediterrâneas e árabes se unem às raízes africanas. Receita de sucesso, que você confere no perfil do rapaz: @mohindi

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: