a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

Raimara-Pires-fez-intercâmbio-com-o-STB-750x368.jpg

Intercâmbio para todas as idades: Raimara e suas viagens rejuvenescedoras - MUNDO STB

A carioca Raimara Pires, 61 anos, tomou um decisão muito importante quando se aposentou: queria conhecer o mundo. Desde então, já fez intercâmbio em Dublin, onde fez curso de inglês na Atlas Language School, e em Malta, na LAL. Raimara divide sua história transformadora sobre a importância do intercâmbio para todas as idades na série de depoimentos Mundo STB, que celebra o lançamento do catálogo que traz tudo sobre intercâmbio, trabalho no exterior e viagens internacionais. Confira!

"Você está mais jovem, mais bonita. Qual o segredo?"

"Trabalhei por 42 anos em uma companhia aérea e me aposentei em 2015. Viajava muito por conta da profissão, mas era sempre turismo. Foi aí que o STB entrou na minha vida e descobri um novo tipo de viagem: o intercâmbio. É meio lazer, meio estudo, uma viagem cultural.

Meu primeiro intercâmbio: Malta e as novas descobertas

Fui pra melhorar meu inglês, tinha nível intermediário e queria me comunicar melhor. E ganhei uma experiência inesquecível. Fiquei de outubro a dezembro de 2015 em Malta – foi a primeira vez que fiquei tanto tempo fora de casa – e me senti uma adolescente. A viagem de intercâmbio é diferente do que quando você vai com mais gente ou só, porque você se integra mesmo ao local e com outras nacionalidades.

Minha acomodação durante o intercâmbio em Malta

No meu caso, não fiquei em casa de família, fiquei em um hotel específico, que tinha pessoas do mundo todo. Fazer um intercâmbio é como participar das Olimpíadas: cada dia você descobre uma pessoa diferente, cada dia descobre um outro país, é uma experiência inesquecível.

Intercâmbio para todas as idades

Em um programa como esses, você encontra gente de 17, 30, 50 anos. E ninguém pergunta a sua idade! Fiz novos amigos, saía com eles à noite, até subi no palco e dancei!

O segundo intercâmbio: Dublin como uma moradora local

Meu segundo intercâmbio foi em Dublin. Passava quatro horas por dia estudando, sempre nas manhãs, e à tarde, a escola oferecia uma programação de turismo. Cada dia há uma atividade diferente: um museu, um parque. E tudo organizado pela escola. Não tinha ninguém da minha idade da sala. A mais velha tinha 35 e, mesmo assim, me sentia totalmente integrada em todos os programas. Fui ao karaokê, em pubs, cantava com todos. Eu gosto de explorar as cidades como uma local. Lá, andava de ônibus, a pé e até já dava informação para as pessoas na rua.

E, quando você volta para o hotel onde está hospedada parece que você passou um ano fora, de tanta informação que você agrega. Esse é o maior ganho: quando faz viagens em grupo com brasileiros, é como se você estivesse em seu país. Já em um intercâmbio, você fica sem falar português. Em Malta, fiquei dois meses sem falar português, porque não tinha nenhum brasileiro!

Como os programas de intercâmbio mudaram a minha vida

Nessas duas viagens, me senti muito protegida, com as consultoras me enviando mensagens e me ajudando com toda a organização. E rejuvenesci 20 anos da minha vida! As pessoas têm me perguntado: “Você está mais jovem, mais bonita. Qual o segredo?”. E a receita que eu passo é: faça intercâmbio. Quero viver muito mais, pra ter mais experiências internacionais. Agora meu plano é ir à Nova Zelândia!

Essas viagens me transformaram totalmente. Agora, quero passar mais uns três anos viajando e conhecendo gente pelo mundo. Pra mim, uma pessoa não pode morrer sem escrever um livro, plantar uma árvore... e sem fazer um intercâmbio."

Faça um intercâmbio em Dublin com o STB

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: