a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

O QUE É ADMISSÃO CONDICIONAL EUA.jpg

Estudar nos EUA: o que é admissão condicional?

Por Team Hotcourses Brasil *

Oferecido por algumas instituições de ensino superior, existe um processo diferente de admissão nos Estados Unidos para estudantes internacionais, chamado de “admissão condicional”. Como o próprio nome diz, o aluno é selecionado com uma condição: ele é admitido no curso no qual se inscreveu, mas deve melhorar a proficiência no inglês antes de poder dar início aos estudos universitários.

Geralmente, as universidades e faculdades americanas que oferecem a admissão condicional (conditional admission, em inglês) têm uma escola ou departamento de inglês próprio ou então convênio ou parceria com alguma instituição específica para oferecer aulas de inglês como segunda língua (ESL) a estes estrangeiros admitidos.

O processo seletivo para a admissão condicional

O processo seletivo é o mesmo em todas as instituições dos EUA – holístico, complexo e exigente. Um dos documentos que os estudantes internacionais precisam providenciar para a inscrição norte-americana é o resultado em um teste padrão de proficiência na língua inglesa, como o IELTS e o TOEFL. Cada universidade estipula uma nota mínimia que deve ser atingida pelos candidatos, variando de acordo com a área e o nível de estudo (graduação ou pós-graduação, por exemplo). A admissão depende desta nota e de outros documentos obrigatórios.

A diferença da admissão condicional é esta: se o estudante tem todos os requisitos acadêmicos necessários para a admissão (histórico escolar, GPA, nota mínima no SAT ou ACT, cartas de referência etc.), mas não atingiu a nota mínima de proficiência no idioma, ele pode ser condicionalmente admitido à universidade. Se aceitar a admissão condicional, ele deverá se comprometer, primeiramente, a estudar o inglês nos Estados Unidos para melhorar o nível de fluência e, depois, dar início ao curso acadêmico, seja ele uma graduação ou pós-graduação.

Esta é uma opção criada para que as universidades não percam a oportunidade de receber estudantes estrangeiros academicamente qualificados e talentosos – que foram capazes de atender a todos os outros requisitos do processo seletivo –, mas que, se as regras tradicionais fossem seguidas, seriam reprovados por causa da proficiência insuficiente no idioma. A admissão condicional proporciona uma chance adicional aos candidatos internacionais de aprofundar a preparação acadêmica e ser bem-sucedido nos estudos no exterior.

O formato do curso de inglês nos EUA

As aulas de inglês oferecidas para os estudantes admitidos condicionalmente costumam mesclar o estudo da língua inglesa com preparatórios acadêmicos. Sendo assim, são estudadas as habilidades essenciais de conversação, pronúncia, gramática, compreensão oral, escrita, leitura, entre outras. E, ao mesmo tempo, os alunos são introduzidos aos costumes e à cultura acadêmica americana, em aulas sobre apresentação oral de trabalho, escrita de trabalhos acadêmicos, tomada de anotações durante as aulas e, em alguns casos, eles já assistem a algumas aulas acadêmicas para começar a se familiarizar.

O estudante vai evoluindo até atingir o nível ideal para o curso acadêmico. Estas aulas costumam culminar em um teste final e/ou com a concessão de um diploma de conclusão. Ao encerrá-las de forma bem-sucedida, o aluno pode passar diretamente para o curso da universidade, sem precisar prestar o TOEFL ou o IELTS novamente.

Variações no processo seletivo

Cada instituição tem variações no processo seletivo. Algumas têm um processo direto que permite que o estudante que já prestou a prova de proficiência e que não atingiu a nota exigida para a graduação/pós-graduação possa se inscrever diretamente na admissão condicional. Outras estipulam uma nota mínima no inglês inclusive para a admissão condicional.

As universidades também têm formas diferentes de acompanhar e avaliar o progresso de cada estudante durante o curso de inglês e a grade curricular varia bastante.

Exemplos de instituições que oferecem admissão condicional

Entre as universidades, estão: University of Kentucky, University of Miami, University of Texas at San Antonio, Arizona State University, Eastern Illinois University, University of Arizona, University of Oregon, University of Delaware, University of the District of Columbia, Central Washington University, entre outras.

Algumas escolas de idioma nos Estados Unidos também facilitam a admissão dos alunos internacionais. O ELS, por exemplo, permite que estudantes que tenham atingido um nível elevado de inglês (geralmente, do nível 109 ao 112 que seria similar ao avançado) tenham aceitação garantida em uma universidade em relação ao idioma. Dessa forma, ficam pendentes apenas as notas, GPA e SAT – e a escola auxilia neste processo, contando com a consultoria de especialistas em universidades e community colleges locais. Além disso, estudantes que cursam inglês em alguns campi do ELS podem participar de aulas como ouvintes para que consigam se familiarizar com o sistema de ensino americano.

*Hotcourses Brasil é um portal com dicas para ajudar o estudante brasileiro a encontrar a instituição, escola, faculdade ou universidade internacional na qual ele deseja estudar.

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: