a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

custo de vida em ny.jpg

Custo de vida em Nova York: saiba calcular os gastos de seu intercâmbio

Uma das cidades mais visitadas do mundo, Nova York também é um dos destinos preferidos para quem quer estudar no exterior. No entanto, quem está pensando em escolher a Big Apple como destino para o seu intercâmbio nos Estados Unidos deve se preparar para lidar com o alto custo de vida da cidade.  

Nova York aparece na 9º posição na lista das cidades mais caras do mundo. O dado é do Worldwide Cost Of Living Report 2017, relatório promovido pela The Economist Intelligence Unit (EIU), que mensurou os gastos da população com alimentação, consumo, transporte, contas da casa, formação educacional e lazer, entre outros pontos.

De acordo com um levantamento realizado ao longo do último ano pelo site Numbeo, responsável por coletar e armazenar dados sobre o custo de vida em diversas cidades ao redor do mundo, os maiores gastos de quem vive na cidade estão relacionados à moradia, seguido por alimentação, transporte e consumo.  

Confira, abaixo, o gráfico detalhado do custo de vida em Nova York:

 Gráfico sobre custo de vida em Nova York

*Dados baseados nas declarações de 550 colaboradores diferentes ao longo do último ano no site Numbeo

Custos de moradia em Nova York

Embora tenha um dos aluguéis mais caros do mundo, o preço da moradia em Nova York segue a mesma variável de outras cidades dos Estados Unidos, com um valor que vai depender de acordo com a localização escolhida.

A cidade é dividida entre cinco regiões: Manhattan, Brooklyn, Queens, Bronx e Staten Island.  Na ilha de Manhattan, um dos distritos mais caros de Nova York, o preço do aluguel chega a ser até quatro vezes maior do que nos subúrbios.  Para se ter ideia, o aluguel de um apartamento de três quartos na região pode custar USD 5900, de acordo com o apontador Numbeo. Já o preço do aluguel em uma propriedade com as mesmas características localizada em outras regiões da cidade pode cair para USD 3400.

Ao alugar um apartamento, o estudante também terá de lidar com outras despesas da casa, como água, energia elétrica e internet. Ele deve se preparar para gastar em média USD 130 por mês em contas, além de aproximadamente USD 60 com internet

Quem escolhe fazer um intercâmbio em Nova York tem, ainda, a possibilidade de ficar hospedado na casa de uma família local.  Este tipo de acomodação sai por uma média de USD 1700 o pacote para quatro semanas, na baixa temporada.

O estudante internacional também tem a opção de morar em uma residência estudantil, geralmente, localizada próximas às regiões centrais da cidade. O preço neste tipo de acomodação tem uma média de USD 2400, mais a taxa de high season, que pode custar em média USD 150.

Saiba quais são as melhores acomodações de intercâmbio de acordo com o seu perfil

Estimativa de outros gastos com moradia em Nova York

Custos de transporte em Nova York

Grand Central Terminal, em Nova York

Dar uma volta no famoso táxi amarelo de Nova York é uma experiência que deve ser vivida pelo menos uma vez. No entanto, o preço não é dos mais convidativos para utilizá-lo como meio de transporte no dia a dia: a bandeirada do táxi sai por uma média de USD 2,50, mas é importante considerar o tráfego intenso da cidade, que pode encarecer ainda mais a corrida.

Em contrapartida, o metrô de Nova York é um dos mais eficientes do mundo, com linhas que levam a absolutamente todos os pontos da cidade. Além disso, utilizar o transporte público de Nova York é uma das melhores maneiras de se sentir como um verdadeiro local.

Fila de táxis amarelos em Nova YorkUm ticket de metrô avulso custa em média USD 2,75, mas quem tem o MetroCard pode economizar. O cartão é aceito em ônibus e metrô e pode ser comprado em máquinas dentro das estações. Há duas opções: pay-per-ride (paga por cada uso) ou unlimited rides (onde você paga um valor fixo pra usá-lo à vontade durante um período).

Existe, ainda, a possibilidade de circular pela cidade de ônibus, excelente opção para quem quer explorar a cidade com mais calma, aproveitando a vista da janela. No entanto, é importante saber que embora faça o mesmo percurso do metrô, ele pode levar o dobro de tempo por conta do trânsito da cidade.  

Alimentação em Nova York

Os custos com alimentação em Nova York podem variar de acordo com o que e onde você escolhe comer. No caso de supermercados, como a oferta é grande, produtos produzidos em massa, como cereais e comida enlatada, tendem a ter um custo mais baixo em comparação com alimentos mais frescos, como carnes e leite, que podem chegar a custar o dobro. Com preços até 30% mais altos do que a média nacional, a compra do mês de uma pessoa em Nova York, considerando itens básicos, pode chegar a custar até USD 400.

Quem deseja comer fora de casa deve se preparar para desembolsar um pouco mais.  Por lá, uma refeição em um restaurante simples pode custar em torno de USD 20.

Tabela mostra estimativa de gastos com alimentação em Nova York

Gorjeta

O padrão em Nova York é 20% de gorjeta em cima do valor em restaurantes, táxis, hotéis e até cabelereiros. Para o porteiro ou carregador do hotel, USD 20 é uma boa caixinha se você tiver malas pesadas. Ou seja, já prepare seu orçamento para as tips, pois elas não são opcionais.

Compras e lazer em Nova York

Compras em Nova York

Nova York é repleta de lojas, especialmente aquelas consideradas redes fast fashion, lista da qual fazem parte gigantes como Forever 21 e H&M, onde um vestido pode sair por em torno de USD 40 sem estar na promoção. Localizadas em cada esquina da cidade, essas lojas de departamento oferecem roupas para todas as idades a ótimos preços, além de constantemente promoverem promoções que deixam os preços ainda mais convidativos para realizar compras em Nova York.  

Também há inúmeras opções na cidade para quem quer se divertir gastando pouco ou praticamente nada. Fazem parte desta lista atrações que têm entrada gratuita, como as galerias de arte no bairro de Chelsea, parques como Central Park, Madison Square Park e High Line, além de museus como o Metropolitan Museum of Art, Museum of Modern Art (MoMA) e The Whitney Museum of American Art, que oferecem semanalmente dias com entrada gratuita. Além disso, estudantes podem economizar fazendo a Carteirinha Internacional do Estudante, que oferece benefícios exclusivos em museus, musicais e pontos turísticos como o Top of the Rock.

Gastos com farmácia também farão parte do dia a dia de quem decide fazer um intercâmbio em Nova York. Entre as mais populares da cidade está a rede CVS, onde além de remédios é possível encontrar muitos produtos de beleza. Por lá, um remédio para dor de cabeça pode sair por menos de USD 5, com 20 cápsulas, enquanto um xampu de marca popular custa em torno de USD 5.

Tabela mostra estimativa de gastos em NY

Agora que você já tem uma ideia sobre o custo de vida em Nova York, que tal começar a planejar o seu intercâmbio na Big Apple?

*Todos os valores foram pesquisados em 31/10/2017 e podem sofrer alterações

BAIXE O E-BOOK

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: