A cultura geek no Japão: você sabe como ela surgiu?

Uma das primeiras coisas que vêm à cabeça quando falamos do Japão é a forte cultura geek existente no país, cujo sucesso também chegou ao Brasil nas últimas décadas.

As gerações mais recentes não se esquecem dos jogos de videogame da Nintendo e da Sega, por exemplo, as séries de super-heróis que marcavam as tardes na televisão e desenhos animados que viraram febre por aqui, como Os Cavaleiros do Zodíaco, Pokémon, Sailor Moon e muitos outros da cultura geek.

pokemon

Mas de onde surgiu essa cultura geek no Japão tão forte a ponto de se tornar impossível de desassociar do país?

Não há um consenso muito claro, mas acredita-se que este processo foi iniciado após a Segunda Guerra Mundial, quando o Japão ficou ocupado por tropas americanas entre os anos de 1945 e 1952 e passou por uma onda de ocidentalização.

Nas décadas seguintes, com a popularização da televisão e dos desenhos animados, alguns artistas japoneses começaram a dar o toque “da casa” às produções comuns, incluindo monstros, samurais e personagens diferentes, com cores vibrantes e personagens malucos.

Essa nova cultura pop atingiu em cheio os jovens da época e foi difundida mundo afora. Junto dela surgiu o termo otaku para os fãs de animes, mangás e videogames.

No início, essa denominação tinha sentido pejorativo, que identificava os nerds mais viciados e sem convívio social. Aquele pessoal mais hardcore mesmo. Ainda há uma resistência a este termo, mas hoje ele é mais aceito. No Ocidente, contudo, sua conotação é mais suave e é motivo de orgulho para os fãs da cultura geek.

desenhando mangá

Recentemente surgiu o termo otome, uma espécie de determinação feminina para otaku, mas com algumas particularidades.

Elas são loucas por animes e mangás, mas também gostam de bonecas e muitas se vestem com roupas mais despojadas e às vezes sensuais, parecidas com as suas personagens preferidas. Para quebrar aquele estigma de garota desarrumada, sabe?

Se você também curte a cultura geek e pretende visitar Tóquio, vai se deliciar com o ambiente de algumas ruas e lojas. O bairro de Akihabara é para muita gente o mais nerd do mundo! Em suas ruas, há centenas de lojas de eletrônicos e tudo que envolve o lado da cultura geek no Japão. É sério, tem de tudo mesmo lá.

Já em Ikebukuro, pertinho da estação homônima, tem a Otome Road! Como é de se supor, essa rua é totalmente voltada para as garotas.

Vale a pena visitar os dois lugares, ver as diferenças, as pessoas fantasiadas e os itens mais interessantes (e bizarros) à venda. Você vai se sentir dentro de um desenho japonês!

 

Ikebukuro  

Você encontra mais dicas como essas no Tripbox STB, o melhor app de viagem do Brasil.

Cadastre-se no site: www.tripboxstb.com.br.

Tripbox STB

Tripbox STB

O Tripbox é um app de viagem criado pelo STB para viajantes, com organizador de compromissos, porta-documentos e dicas insiders das principais cidades do mundo. O aplicativo conta com uma equipe de jornalistas curiosos, nerds, inquietos e apaixonados por viagem que trabalha intensamente para oferecer o melhor aos viajantes. Quer saber mais? Baixe o aplicativo na App Store ou no Google Play. É grátis ;)

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: