a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

Blogueiros contam como viajar pode mudar seu modo de encarar a vida

Escrito pelo casal de blogueiros do Travel Enjoy Live*

Viajar significa muito para nós. Esta paixão vai além de um simples hobby e também não se trata apenas de uma maneira de curtir as férias. Estamos falando de conhecer o mundo e mudar nossa visão sobre a vida.

Somos todos habitantes deste planeta único em meio a um universo tão vasto. Aqui, encontramos climas completamente diferentes e pessoas capazes de viver em quase todos os lugares... Desertos imensos, montanhas, selvas, árticos. Nosso planeta é incrível e o que os humanos conseguiram fazer em apenas alguns milhares de anos é inacreditável.

Se compararmos nossa curta existência neste mundo perante a natureza, percebemos facilmente que somos apenas uma parte minúscula diante disso tudo. Há espécies de plantas e animais que vivem no planeta há milhões de anos. Os Himalaias surgiram há cerca de 50 milhões de anos e nós não temos nem sequer cem. É exatamente por isso que não queremos simplesmente ficar em nossa zona de conforto e perder a oportunidade de ver o mundo. Tivemos muita sorte de nascer aqui.

Muitos acreditam que uma viagem é capaz de mudar um indivíduo. Pode até ser verdade, mas você só vai saber se experimentar, certo? Quando você faz uma viagem internacional, conhece culturas novas e pessoas diferentes todos os dias. Você se depara com novas percepções de vida a todo o momento, e é muito provável que essa experiência cause uma mudança, principalmente se você viajar por um período longo.

Por isso, decidimos dividir com você tudo o que pensamos e sentimos sobre a arte de viajar.  Não importa se você já domina o assunto ou esteja apenas curioso sobre o que acontece após uma viagem.

VOCÊ SE TORNA MENOS MATERIALISTA

Crianças sorrindoVocê descobre que alguns itens que considerava essenciais na sua mochila não são tão importantes assim. A vida se torna mais simples. É muito mais fácil escolher uma das quatro camisetas quando três estão sujas. Ao chegar em casa e se deparar com aquele armário repleto de roupas, com certeza você vai se questionar para que tudo isso. Você não tem mais aquela necessidade de comprar toda hora e se preocupa menos com bens materiais em geral. Afinal, está inserido em um universo de viagem onde o valor é medido pelas experiências vividas. A sensação de comprar um vestido ou um carro novo já não é como antes.

VOCÊ SE TORNA MAIS GRATO

Em uma viagem, você conhece pessoas que vivem em situações bem desfavoráveis e acaba se tornando ainda mais grato por tudo que tem. Outro ponto importante é que dá mais valor às pequenas coisas, como água potável e banho quente.

VOCÊ SE TORNA MAIS PACIENTE

Podemos dizer que você aprende a esperar. Os micro-ônibus saem toda vez que estão lotados? Nem sempre. O tempo pode ser bem relativo. Esperar alguém por "cinco minutos" pode significar 30 minutos em um país ou até uma hora em outro. Quer apostar? 

Você será envolvido por uma onda de tranquilidade e não esquentará a cabeça por qualquer motivo. Também aprende que nem tudo sai como planejado e que imprevistos acontecem. Depois de voltar para casa, você ficará chocado com pessoas surtando porque estão há apenas três minutos na fila do caixa do supermercado.

VOCÊ PERCEBE QUE MUITAS PESSOAS SÃO BOAS

Mulheres peruanas caminham com trajes típicos

 As pessoas são iguais no mundo inteiro. Todos nós queremos o mesmo: ser feliz! Não importa o idioma, a religião ou a cultura. O mundo não é tão assustador como querem que você acredite.

 VOCÊ PASSA A DESTESTAR A ROTINA  

Viajante posa para selfie com canguruApós aproveitar a liberdade por um tempo, voltar à rotina pode ser frustrante e desanimador. Quando compara três meses da sua vida em casa trabalhando com três meses viajando pelo Sudeste da Ásia, você só quer é reservar a passagem para sua próxima aventura. 

 VOCÊ FICA FELIZ EM VOLTAR, MAS...

É muito bom rever os amigos e familiares. É reconfortante ver que nada mudou. Mas espera, você ficou seis meses fora, praticamente um ano inteiro, e vê que NADA MUDOU? Ninguém se importa em ouvir a sua maior façanha na vida: visitar uma tribo no Sudeste Asiático. As pessoas têm outros problemas "reais" e não podem lhe dar atenção. Você tenta iniciar uma conversa dizendo "Quando nós estávamos em...", mas, com toda sinceridade, ninguém vai parar para ouvir. O máximo que pode acontecer é perguntarem qual é o seu país favorito e você tem que ser capaz de responder.

 

... O MUNDO VIRA A SUA CASA !

Menina com chapéu típico tailândes

É difícil você se sentir o mesmo depois de deixar um pouco de si em cada lugar. Uma pequena semente foi plantada dentro de você e não há como detê-la. Alguns chamam de "bug de viagem", mas prefiro não utilizar esta denominação. Há também um nome científico: depressão pós-viagem. Muitos mochileiros, após retornarem de uma viagem por um país exótico, se sentem verdadeiros estranhos no ninho, mesmo de volta ao seu país de origem, onde todos falam a sua língua. Não há dúvida de que uma viagem é capaz de afetar uma pessoa de forma positiva ou negativa. E para fechar este artigo com chave de ouro, ainda há algo que só conseguimos entender quando estamos viajando: o significado de querer mais!

 Quer viver experiências transformadoras pelo mundo? Faça uma viagem internacional com o Contiki, parceiro STB que opera roteiros feitos especialmente para jovens entre 18 e 35 anos!

FALE COM UM ESPECIALISTA EM INTERCÂMBIO

  *Este artigo foi originalmente escrito para o The Travel Project pelo Travel Enjoy Live, escrito por um casal de blogueiros que já conhece 36 países, e publicado pelo Six-Two, blog de viagens do Contiki.

 

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: