a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

pounds.jpg

11 dicas para economizar morando em Londres

Como vocês já devem estar carecas de saber, Londres é uma cidade cara. E eu ando numa maré de tentar economizar dinheiro aqui que vocês nem sabem... É uma tarefa bem árdua, mas até que tenho obtido algum sucesso. Meu objetivo nesse post é compartilhar as minhas dicas para gastar menos morando aqui. É difícil, mas é possível! Porque a gente é brasileiro e não desiste nunca ;D

1- Venha com a carteira de estudante em mãos

Bom, essa dica é a mais básica das básicas, né? Quando estava acertando todos os detalhes da minha viagem com o STB, fizemos o pedido da minha carteirinha de estudante internacional da Isic e foi a melhor coisa que poderia ter feito, porque além de ser aceita aqui nos cinemas e tudo mais, eu ainda uso bastante como ID (identidade). No supermercado, em alguns pubs... Mas em baladas, às vezes, eles querem algum outro tipo de documento, então é bom sempre ter seu RG e tal.

2- Não troque seu dinheiro no aeroporto

Isso é uma dica que funciona em todos os países. Trocar dinheiro no aeroporto é sempre uma má ideia. Aqui em Londres eu aconselho vocês a irem até a Oxford Street e ficarem pechinchando nas lojinhas de souvenir que trocam dinheiro. A maioria troca e por mais que pareçam não muito confiáveis, é lá que eles tem os melhores preços. Não aconselho a trocar toooodo o dinheiro de uma vez porque aqui, apesar de ser seguro, é uma cidade grande e nunca sabemos o que pode acontecer né? Ou vá acompanhado de algum amigo, para voltar direto pra casa e guardar o dinheiro em um lugar mais seguro.

3- Escolha um tipo de residência onde você possa cozinhar

Comer fora para quem quer economizar dinheiro é luxo. Aqui tenho feito grandes paneladas de comida para congelar e sempre ter o que comer. Quanto mais render, melhor! Eu era toda fresca com essa coisa de não querer comer no jantar a mesma coisa que comi no almoço, mas aqui não tem outro jeito. Quanto mais porções de uma refeição eu tiver, melhor. Outra coisa boa é que no Tesco (que é o maior supermercado daqui) eles tem uma sessão de comida com preços reduzidos, onde eles colocam comidas que estão perto de vencer. É lá que eu vou a primeira vez assim que chego no mercado. Sempre procuro carnes porque aqui é muito caro, então consigo uns precinhos bem bons quando estão reduzidos. Mas dependendo do horário as prateleiras ficam bem disputadas! Olha essa foto que tirei um dia:

4- Evite comprar em zonas turísticas

Eu sei que quando você vier pra cá, vai querer visitar os pontos turísticos primeiro e enquanto isso vai ver um milhão de coisinhas fofas pra comprar mas: CONTENHA-SE! Lojinhas de souvenir, mercados, restaurantes e tudo mais, são bem mais caros em áreas turísticas. Então vale a pena esperar um pouco para achar as mesmas coisas em outro lugar, por um preço mais baixo.

5- Prefira andar de ônibus a metrô

Como já falei no post sobre os apps de iPhone para Londres, andar de ônibus aqui é mais barato do que andar de metrô. Demora um pouquinho mais, mas você pode ver toda a cidade e se familiarizar mais com os caminhos. Então acho que vale muito a pena fazer essa troca e só ir de metrô se você estiver atrasado ou for o único jeito. Ah! Táxi nem pensar, né?!

6- Beba o que os ingleses gostam de beber

Ok, essa dica é meio fake porque eu mesma não consigo seguir, mas se vocês conseguirem terão mais sucesso do que eu! O preço de um pint tradicional inglês é praticamente a metade de um pint normal. O problema: eles são quentes e sem gás. Mas aqui o ponto é: você até acha um Guaranazinho pra vender no Tesco, mas com o preço bem mais alto do que no Brasil. Então, por que não largar mão dos velhos costumes e tentar algo novo? Ah! Vale também ressaltar que antes de ir pra balada eu sempre faço um esquenta em casa para não ter que comprar bebida dentro dos clubs, que são mais que o dobro do preço que a gente paga no supermercado.

7- Pesquise os lugares que são free para entrar

Aqui em Londres a maioria dos museus é de graça. Ponto pra gente! Mas se não forem, eles sempre tem uns horários ou dias em que o preço está mais baixo, como em dias de semana, por exemplo. Vale a pena também fazer um combo de ingressos para visitar alguns lugares, tipo a dica que eu dei no post da London Eye. De vez em quando eu procuro no site da Time Out London programas for free ou tento chegar cedo nas baladas pra conseguir pagar menos. Dá trabalho conseguir economizar, mas até que funciona bem.

8- Arranje um amigo/parceiro para dividir os gastos

Depois que eu comecei a morar com o meu namorado aqui, passei a economizar muuuito dinheiro. A gente divide as compras do mercado em 3: as deles, as minhas e as que a gente usa juntos (tipo produtos de limpeza, cerveja, água etc). Se você não arranjar um namorado, faça um amigo e proponha comprarem as coisas juntos. Com certeza eles vão topar, pois acaba sendo lucro para todo mundo.

9- Entre em todos os programas de desconto que conseguir

Aqui no UK eles até que tem bastante opções. Eu estou mudando minha operadora de celular para uma mais barata, fiz um cartão chamado Club Card do Tesco, que é tipo um cartão de membro onde eu vou juntando pontos e posso usar esses pontos para fazer compras... Provavelmente eles tenham esse tipo de programa em outros supermercados, então é sempre bom ficar atento a todas essas promoções e vouchers de desconto que a gente acha por aí. Aliás, dei a dica de um app de vouchers lá naquele post sobre os apps de Iphone para usar em Londres.

10- Compre roupas nas lojas baratas

Quem já veio pra cá sabe que a qualidade das roupas aqui é ótima e os preços são mais baixos do que no Brasil. Mas dependendo da loja que você for, eles podem ser bem carinhos e não valerem tão à pena. Então sempre opte por Primark, H&M, meias e pijamas no supermercado... Aqui é bem fácil de achar coisa boa e barata, só precisamos ter um pouquinho de paciência. Eles também tem bastante brechós, mas como o vintage está na moda, nem sempre esse tipo de loja é a melhor opção para economizar.

11- Viaje em dias de semana

Brasileiros que vem para a Europa com certeza vão viajar várias vezes para outros países. Além de procurar o melhor preço entre vôos low cost, trens ou ônibus, programe-se para ir no meio da semana pois algumas passagens costumam dobrar de preço no fim de semana. Ficar de olho nas promoções também é indispensável pois, às vezes, você acaba fazendo seu roteiro de acordo com as promoções que achou.

Rebiscoito

Rebiscoito

Paulista, Rebiscoito decidiu embarcar neste intercâmbio para Londres e conta aqui no blog todas as suas experiências e pensamentos diretamente da terra da Rainha. Aqui vocês descobrem como é morar e viver cercada do inglês britânico, em uma cidade onde tudo acontece. Ela divide perrengues, alegrias, descobertas e tudo de novo que encontra por lá.

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: