a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

Valentine’s Day: Dia dos Namorados nos EUA!

Valentine's candies que compramos!

Dia 14 de fevereiro é comemorado o Dia dos Namorados aqui nos Estados Unidos e também na maioria dos países do mundo. Há diversas histórias que contam a origem do "Valentine's Day" e o motivo de tanta comemoração...

Algumas delas dizem que antigamente era apenas um dia em que as pessoas faziam jejum em homenagem a São Valentim e que a associação da data ao romance só surgiu após a idade média, quando o bispo Valentim lutou contra as ordens de um imperador que proibia casamentos durante as guerras, alegando que soldados solteiros eram melhores em combate. Dizem que depois de preso por causa de seus ideais, pessoas continuavam a mandar-lhe bilhetes e flores na prisão dizendo que ainda acreditavam no amor e coisas tipo s>. Ele faleceu na prisão no dia 14 de fevereiro de sei lá quando (!), e é por isso que esse dia é dedicado a ele!

Ah, na idade média também diziam que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia do ano de acasalamento dos pássaros e que tinha tudo a ver com romance. Ok, né.

Agora a coisa mais interessante e curiosa do universo é: Por que raios só o Brasil comemora o Dia dos Namorados em 12 de Junho? Ok, Portugal também comemorava há alguns anos, mas mudaram para o dia 14 de fevereiro, seguindo os padrões europeus. Thananananam... porque dia 12 de Junho é véspera do dia de Santo Antônio, o Santo casamenteiro! E Portugal comemorava em Junho porque esse santo é português! Interessante, né??? Nunca entendi porque só a gente comemora em data diferente... enfim... está explicado! Ah, e essa data não surgiu à toa... foi criada por um publicitário que achava que o mês de junho era uma data pobre em datas comemorativas (leia-se datas em que pessoas gastam dinheiro com presentes) e decidiu dar uma forcinha para o mercado. Que inteligente!

São Valentim e Santo Antônio

Agora, deixando minha mania de "enciclopetizar" pra lá, vou falar um pouquinho de como foi meu Valentine's Day aqui!

Eu sempre soube que, além da data, existem outras diferenças entre o dia dos namorados americano e o brasileiro: aqui não é um coisa celebrada apenas entre casais, mas entre amigos e todas as pessoas que consideramos queridas. Por isso, nessa data as crianças distribuem cartões para os coleguinhas de classe e professoras, os adolescentes organizam bailes e os adultos trocam presentes entre si. Além disso, o Valentine's Day é a a segunda data em que mais cartões são enviados pelo correio aqui nos EUA, perdendo apenas para o Natal.

Pois é, vocês não têm ideia de como ficam as lojas! O supermercado aqui perto de casa, que nem é tão grande, abriu um corredor somente para Valentine's! Se você está procurando algo para a data, com certeza encontrará lá: eles passam a vender grandes quantidades de cartões, caixas de bombons imensamente enfeitadas, flores de todos os tipos e tamanhos, bichos de pelúcia, velas e muito mais...

Como já era de se esperar, na semana do Valentine's Day, minha host mom pediu para que eu fosse com a minha kid de 5 anos ao supermercado fazer as compras da escola e dos amiguinhos. Compramos sacos e mais sacos com diversos tipos de doces (podia ser qualquer um que não contivesse amendoim, pois a maioria das escolas americanas são PEANUT FREE, ou seja, qualquer alimento que contenha amendoim - como peanut butter e alguns chocolates - são proibidos.

Compramos duas caixas de mini cartões para minhas kids distribuírem para os amiguinhos na escola. Uma da Disney e uma da Olivia (um desenho bem famoso entre as crianças daqui), ambos com cartões "unissex", mas também vi vários com coisas de princesas, de super-heróis e tudo o que há de criativo no universo. Saindo de lá, passamos no Dunkin' Donuts para comprar "valentine's donuts" para a festa. Pois é, até isso a gente encontra por aqui!

Cartões para o Valentine's Day

Os cartões vem assim dentro das caixas. Temos que destacar um por um.

Chegando em casa, pegamos a lista de alunos da classe das minhas kids e montamos um saquinho para cada um com aquelas "ziploc bags". Minha kid foi fazendo os cartões e eu fui colocando os doces nos saquinhos, tudo bem dividido para que nenhuma criança ganhasse mais do que a outra e ficasse chateada. Um trabalho de Au Pair muito bem pensado! Foi algo bem gostoso de fazer e achei super diferente!!! Nunca vi nada parecido no Brasil!

Saquinhos de doce para o Valentine's Day

No fim do dia, minhas kids me deram vários cartões e papeizinhos dizendo "Bia I love you" com desenhos que pintaram e ainda colocaram um monte de doces na sacola!!! Umas fofas. E os avós me deram um cartão lindo e um porta-retratos bem bonito!!! Adorei.

sacolas para o Valentine's Day

DONUT's para o Valentine's Day

Propaganda da Dunkin Donuts para o Valentine's Day

Nesse dia, a maioria das minhas amigas saíram para jantar com seus "dates" ou foram passear. Meu "valentine" mora há milhas de distância e com um fuso horário de 5 horas a mais, mesmo assim não pulamos a data. Ele colocou o despertador pra acordar e poder fazer um "date" (encontro) comigo pelo Skype. Melhor que nada, né? Como diz o ditado, "se não tem cão, caça com gato". A gente sempre dá um jeito pra celebrar o amor. Olha que brega! E eu tenho a sorte de comemorar Dia dos Namorados duas vezes. A parte boa de ter namorado gringo!

E olha que legal: Acabei recebendo um pacote com os presentes do meu namorado pelo correio. Ganhei o dia! Agora sim a data ficou completa, né???

presentes para o Valentine's Day

Beijo pra todos!!!

 

Beatriz Morgado

Beatriz Morgado

Sempre em busca de uma experiência inesquecível, Beatriz, estudante de publicidade e propaganda, resolveu embarcar para os Estados Unidos para ser Au Pair! Acompanhe como ela encara uma rotina cuidando das crianças no estado da Pensilvânia e ainda arruma tempo para estudar francês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: