foto3.0-750x583.jpg

Um pouquinho sobre as ilhas gregas

Oi pessoal,

A bordo do navio, tivemos a oportunidade de conhecer um pouquinho das ilhas e cidades que ficam no Mar Egeu. Como tínhamos muitos destinos, passávamos só algumas horas nas cidades – o suficiente para conhecer alguma atração turística importante, comer algo típico e comprar souvenires. Vou resumir pra vocês o que encontrei nesses passeios, e o que pretendo, definitivamente, visitar de novo.

Mykonos

foto3.1red-750x563.jpg

 Taí um roteiro que sabe impressionar de cara! No nosso primeiro dia, paramos para ver o pôr do sol em Mykonos, uma das famosas ilhas com casinhas brancas na encosta montanhosa. Mesmo sendo fim do dia, deu pra ver a água quase transparente e tirar fotos dos famosos moinhos, uma das atrações da ilha. Confesso que fiquei um pouco chateada de chegar tão tarde em um lugar lindo, mas a verdade é que a noite é superproveitosa lá: o labirinto de ruazinhas é bem iluminado e repleto de lojinhas, restaurantes e bares. Lá provamos nosso primeiro gyros, uma espécie de wrap grego recheado com carne de porco, cebola e batata frita. Delicioso!

Kusadasi

foto3.2red-750x500.jpg

Na manhã seguinte, acordamos no porto turco de Kusadasi, que abriga uma das mais importantes cidades da antiguidade: Éfeso. Este foi o primeiro passeio à parte que fiz, e seria um desperdício enorme visitar Kusadasi sem conhecer essas ruínas incríveis, de mais de 2.500 anos! Além de fazer o tour guiado, que levou cerca de duas horas, tivemos a chance de passear pelo calçadão e conhecer um bazaar, que na Turquia é coisa séria: milhares de pashminas, joias, lanternas, chás, temperos, turkish delights (docinhos imperdíveis) e olhinhos turcos, que lotam os corredores e estão ali pra você negociar – nada de topar o preço inicial! Também vi muitas lojas de “genuine fakes”, com réplicas de bolsas e relógios de marca.

Patmos

A ilha é conhecida por abrigar algumas igrejas e monastérios históricos, por isso é muito procurada pelo turismo religioso – parece que há passagens da Bíblia que aconteceram ali! Patmos também tem fama por outra qualidade: a oferta de peixes e frutos do mar de primeira. Como sou mais devota à gastronomia, acabei optando por passar minhas horas na ilha em um delicioso jantar à base de camarão, lulas e polvo. Yum!

Rhodes

foto3.4red.jpg

Essa foi uma ilha que me surpreendeu! Nunca tinha ouvido falar e é um paraíso para o turismo: tem praias lindas, uma incrível cidade medieval amuralhada e até uma Acrópole, no vilarejo de Lindos, com vista pro mar. Para ir até Lindos, precisei contratar um dos passeios à parte do navio, mas valeu muito a pena: as ruínas do século IV a.C. te transportam ao passado, com um templo lindo dedicado a Atena. Tivemos um dia todo nessa ilha, tempo de sobra pra conhecer os pontos históricos e relaxar em uma praia – com mar azulzinho e pedrinhas brancas no chão. A paisagem era linda, mas confesso que meio desconfortável para pés acostumados com a areia fofa do Brasil. Obrigada Deus (e Havaianas!) pelo chinelo alcançado. Hahaha!

Santorini

foto3.4red-1.jpg

No último dia da viagem, a cereja do bolo: chegamos de tarde a Santorini, a tempo de conhecer um pouco a ilha e curtir o pôr do sol. Como não somos bobos, corremos direto pra Oia – vilarejo daquelas fotos famooosas de entardecer, com as cúpulas azuis sobre as casinhas brancas. O lugar, gente, é surreal: pra onde se olha há uma ruazinha estreita, uma portinha azul, um detalhe fofo e uma vista sensacional. Difícil acreditar que existe! O que estraga um pouco são as pessoas – muuuitas pessoas. Como as vias são estreitinhas, fica realmente difícil achar um cantinho pra curtir o pôr do sol em paz. Claro que os grupos grandes que chegam em cruzeiros (mea-culpa) não ajudam em nada. O jeito é colocar na listinha pra voltar lá depois, me hospedar em um hotel com vista e curtir a cidade fora do pico dos cruzeiros. Essa merece!

Esses foram os destinos do meu Contiki, uma opção de tour curtinho pra quem quer conhecer o melhor do Mar Egeu em menos de uma semana. Há tours mais longos, mas eu optei por esse porque tinha um compromisso muito importante na semana seguinte. Quer saber? Então volta no blog, que no próximo post começa minha aventura em Roma!

Raira Venturieri

Raira Venturieri

Raíra Venturieri é jornalista e está sempre com o pé na estrada. Escreveu guias de viagem para a Editora Abril e a Editora Europa e hoje faz a curadoria de dicas do Tripbox, aplicativo de viagem exclusivo do STB. Ela embarcou para o Canadá com o #STBteam para conhecer melhor as escolas e cidades com as quais trabalhamos – e viver na pele o dia a dia de nossos estudantes em Vancouver, Montreal e Toronto. Agora, sua aventura vai ser como estudante na veramente bella Roma. Acompanhe por aqui e no seu insta: @rairovsky

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: