DESTINOS

ESTUDAR E TRABALHAR NA IRLANDA

Sonha em trabalhar e estudar na Irlanda? Confira essas super dicas!

Published

on

Está sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e saiba tudo sobre estudar e trabalhar na Irlanda em áudio:

A Irlanda é um país atrativo para quem quer aprender inglês. Com custos mais baixos e burocracia mais simples.

Um dos países preferidos dos brasileiros para intercâmbio, a Irlanda oferece uma oportunidade que poucos países permitem: a possibilidade de trabalhar legalmente no país enquanto estiver estudando. Para isso, é preciso que o seu intercâmbio seja de, no mínimo, 6 meses. A chance faz com que brilhe os olhos de muitos brasileiros. Afinal, estudar e trabalhar na Irlanda é, certamente, a realização de um sonho.

Se você está em busca de uma maneira de complementar a sua renda, nada melhor do que começar a se preparar para encontrar uma vaga de trabalho. As oportunidades por lá são muitas, mas é preciso fazer a sua parte e espalhar o seu currículo em sites e locais em que estejam precisando de funcionários.

Abaixo, listamos 11 dicas para você conseguir trabalho enquanto turbina seu inglês em um intercâmbio na Irlanda

1 – Prepare um bom currículo

Para conseguir boas oportunidades de emprego na Irlanda, o primeiro passo é ter um bom currículo. Ele deve ser feito em inglês e ser claro e objetivo. Importante: sem erros gramaticais ou de ortografia. O ideal é que você peça para o seu professor ou para um amigo mais experiente no idioma para que ele possa revisar o que você escreveu.

2 – Destaque a sua experiência profissional

Como no Brasil, ter experiência na vaga para a qual você está se candidatando ajuda bastante. Porém, sabemos que os empregos disponíveis por lá para os brasileiros podem não ser os mesmos da sua área de atuação no Brasil.

Nesse caso, demonstrar alguma familiaridade com o tema ajuda muito. Se você vai se candidatar a uma vaga de aupair, por exemplo, ajuda dizer que você tem experiência em cuidar de crianças, nem que seja dos seus irmãos menores.

3 – Um currículo para cada vaga

Por outro lado, incluir informações que não sejam verdadeiras não é um bom negócio. O ideal é que para cada vaga você adapte o seu currículo, incluindo informações que achar mais relevantes para aquela posição e excluindo aquelas que são mais genéricas e que não têm tanta afinidade assim com a vaga. Busque sempre a objetividade.

4 – Demonstre interesse e não tenha medo

Muitas pessoas se preocupam com o fato de falarem algumas palavras errado e, por isso, evitam o contato pessoal, preferindo enviar um currículo por e-mail. É justamente o contrário que você deve fazer. Ir pessoalmente aos lugares e ter a oportunidade de falar com o responsável pela contratação demonstra que você está interessado – um ponto bastante positivo.

5 – Procure recomendações

O famoso “quem indica” funciona em qualquer lugar do mundo. Assim, se você tiver colegas que já estejam trabalhando, pergunte a eles sobre oportunidades nos locais onde atuam. Há muitas vagas disponíveis que não chegam nem a ser anunciadas, com os proprietários dando prioridade às indicações dos conhecidos.

6 – Use e abuse dos sites de emprego

Dê preferência a ir pessoalmente nos lugares procurar oportunidades, mas também não deixe de lado os sites de emprego. Novas vagas são postadas diariamente, em várias áreas, e por isso é importante criar uma rotina de acessar sempre os principais sites. Abaixo, listamos alguns que estão entre os mais conhecidos:

7 – Ande pela cidade

Como já mencionamos, os sites são importantes, mas muitas das vagas não chegam nem a ser anunciadas neles. Porém, andando pela cidade, certamente você passará na frente de estabelecimentos com vagas abertas. Basta entrar, se apresentar e perguntar sobre as oportunidades. Ajuda se você já tiver um currículo pronto na mochila para deixar no local.

8 – Entre em contato com os lugares visitados

Anote em algum lugar os locais que foram visitados e nos quais você deixou um currículo. Depois de um certo tempo, entre em contato com eles para pedir um retorno, perguntando se a vaga já foi preenchida ou não. Muitas vezes, o processo de escolha demora algumas semanas, mas nesse meio tempo você ganhará pontos por ter demonstrado interesse.

9 – Não desanime com as respostas negativas

Tenha em mente que conseguir um emprego em um país estrangeiro nem sempre é simples. em alguns momentos você vai ouvir muitos “não”, mas de forma alguma isso deve ser motivo de desânimo. Aproveite a oportunidade para pedir um feedback sobre o motivo de não ter sido escolhido para a vaga.

10 – Faça uma programação

Muitas pessoas não entendem que procurar emprego é também uma espécie de trabalho. Ou seja, é preciso ter disciplina e um “horário fixo” para sair em busca de oportunidades todos os dias. Não se acomode, vá em busca dos seus sonhos e coloque metas de números de currículo a enviar ou de lugares a serem visitados até conseguir uma oportunidade. Antes de mais nada, você precisa ver quais são as melhores cidades para estudar e trabalhar na Irlanda.

11 – Aproveite para praticar o seu inglês

Não é porque você vai para as aulas todos os dias e estuda bastante que você vai deixar a oportunidade de falar com nativos no idioma. Uma das melhores coisas de um intercâmbio é justamente a chance de conversar muito, com muitas pessoas diferentes. Encare cada visita ou entrevista como uma oportunidade de praticar. No final das contas, mesmo se sair sem a vaga, você já estará ganhando em termos de aprendizado.

Gostou das nossas dicas? Estudar e trabalhar na Irlanda fica, cada vez mais, fácil para você. Boa viagem!

Continue Reading
Click to comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *