a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

Saint Patrick’s Day na Pensilvânia!

(Isso é um kilt! Se eu usasse alguma coisa embaixo disso aí seria uma saia)

O Saint Patrick's Day (ou Dia de São Patrício, em português) é uma festa celebrada anualmente no dia 17 de Março em homenagem a Saint Patrick (não diga?!), um dos padroeiros da Irlanda. Nesse dia, as pessoas vestem-se de verde, comem comidas verdes (!), bebem cerveja verde (!!!), festejam bastante, fazem desfiles e tudo o que se pode imaginar. Como os irlandeses são conhecidos por beber bastante cerveja, obviamente esse dia é celebrado com muita, mas muita cerveja... verde!

Aliás, antigamente o Saint Patrick's Day era só um dia dedicado à celebração da cerveja, mas aí se tornou um feriado público no comecinho do século 20, mais precisamente em 1.903!

Mas peraí... se é um feriado irlandês, por que é comemorado aqui nos EUA?

Fácil de responder: porque a quantidade de irlandeses e de descendentes de irlandeses nesse país não é brincadeira! E eu soube que aqui na Pensilvânia a quantidade é a ainda maior do que a de alguns estados... aí "o bicho pega"! A comemoração é tão grande que até parece que estou lá na Irlanda!

 E por que nesse dia as pessoas usam verde e usam o trevo de três folhas como símbolo?

Bom, há uma explicação! Aliás, há várias: a mais simples dela é porque é uma tradição! A explicação da tradição é a seguinte: fitas verdes e trevos de 3 folhas  eram usados nas celebrações do Saint Patrick's Day no século 17, pois dizem que ele usava o trevo para explicar a Santíssima Trindade ao pagãos celtas nessa época. Em relação ao vestuário verde, dizem que é porque na rebelião irlandesa de 1798, na esperança de propagar seus ideais políticos, soldados irlandeses vestiram uniformes verdes no dia 17 de março com a esperança de chamarem a atenção pública à rebelião. A expressão irlandesa "the wearing of the green" (vestindo o verde) significa usar um trevo ou então outra peça de roupa em referência aos soldados rebeldes. (Fonte: Wikipédia)

O Saint Patrick's Day é o mais amplamente dia de santos comemorados no mundo, sabiam? E é por isso que euzinha não ia deixar de celebrar esse dia por aqui, principalmente porque não é algo comemorado no Brasil, com exceção de alguns Irish Pubs que, de vez em quando, organizam uma festinha. Tô certa?

Bom, por pouco não deixei passar o dia em branco, pois todos meus planos deram errado e tive que me arrumar num plano B, de emergência. Eu supostamente iria para a Philadelphia, cidade grande, cheia de bares e tudo mais... mas fiquei sem carona, sem lugar pra dormir e me desesperei. Nessa confusão, acabei indo para uma outra cidade do subúrbio (não tão pequena quanto a que eu moro), Allentown, com uma amiga e um amigo americano dela que mora lá.

Tinha tudo pra ser um desastre, mas acabou sendo muito legal! Pelo menos vi tudo que é tradicional!

Fizemos um tipo de "pub crawl", que é visitar vários pubs diferentes na mesma noite! Foi sensacional. O primeiro estava meio parado, só pessoas mais velhas e música irlandesa full time!!! Ok entrar no clima, mas música irlandesa dá sono e eu já não tava muito no pique. Nisso, encontrei uma jukebox, gente!!! Isso mesmo, aquelas máquinas em que você coloca dinheiro e pode escolher a música do lugar! Nada mais conveniente! Como eu estava bastante entediada, fui colocando meus amados "rocks de tiozão"! E como no bar só tinha tiozão, o pessoal adorou. Fiz até amizade com uma galerinha 50+!!! Hahahaha! Um tiozinho me chamou, me deu 5 dólares na mão e disse que era pra eu usar aquele dinheiro pra colocar umas músicas na jukebox porque eu tenho um ótimo gosto musical!!! Hahaha! Viu, viu? Tem gente que reconhece isso!!! Aí ganhei 10 músicas (pois cada uma custava 50 cents). O tiozinho foi embora na terceira ou quarta música e ainda falou: "Foram os 5 dólares mais bem gastos da minha vida!" Ahhh, ganhei a noite e fiquei lá me divertindo com as cervejas verdes e a jukebox!

Por falar em cerveja verde... essa tradição é verdade! Realmente vendem cerveja verde em todos os bares! O gosto é o mesmo! Ficamos vigiando os bartenders pra ver como a coisa era preparada, mas adivinhem... saía da chopeira verde mesmo! O negócio é preparado antes. As cervejas que eu pedi saíram todas de choppeiras da Miller Lite e tinham gosto de Miller Lite!

E não é só isso: sabem os famosos pretzels que vendem aqui nos EUA? Aqueles com sal grosso em cima? Pois é, até o sal eles fazem ficar verde pra colocar na comida! E os donuts? Donuts verdes!!! Ovos mexidos verdes, panquecas verdes e tudo mais... haja corante pra tanta comida verde!

1. Cupcake verde. 2. Pretzels verdes. 3. Famosa batata irlandesa, que é na verdade um doce! Tem gosto de bala de coco, aquelas de festinhas de aniversário, coberta de açúcar e canela. 4. Macarrão verde

Durante o pub crawl, vimos tudo quanto é tipo de gente. Muitos homens estavam usando kilt, as tradicionais saias escocesas. Ops, eles não gostam que chamem os kilts de saias, então agora que você já sabe que aquilo chama-se kilt, nunca diga a um escocês que ele está usando saia!!!

Em alguns bares, ganhamos colares de bolinhas verdes, boné e braceletes. Minha host mom me emprestou umas tiaras que ela usou numa festa ano passado. Foram um sucesso! Muitas meninas usam meias 3/4 (verdes, é claro) com saias. Enfim... você vê de tudo MESMO, principalmente a cor verde!

Foi um dia bem legal! Espero ter a chance de comemorar esse feriado novamente em alguma cidade da Irlanda. Acho que seria bem bacana ver como os "nativos" celebram um dos seus feriados mais importantes e mais animados!

Espero que tenham gostado do post! Até a próxima, pessoal!

Para acompanhar meu dia-a-dia de intercambista fiquem de olho no meu diário. E se você tem dúvidas sobre o programa Au Pair, eu também estou respondendo várias perguntas lá no Formspring do STB.

Beatriz Morgado

Beatriz Morgado

Sempre em busca de uma experiência inesquecível, Beatriz, estudante de publicidade e propaganda, resolveu embarcar para os Estados Unidos para ser Au Pair! Acompanhe como ela encara uma rotina cuidando das crianças no estado da Pensilvânia e ainda arruma tempo para estudar francês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: