97522aa6020908ac857dd654b731c9fc.jpg

Riviera Francesa – um look de dentro

Amanhã completo uma semana no Centre International d'Antibes e já falo, com toda certeza, que volto para cál’an prochain (ano que vem). 

Quando cheguei em Nice, no fim da tarde de domingo, um dos responsáveis da escola já estava aguardando por mim e outros estudantes. Depois de meia hora de viagem estávamos em Antibes. Chegando à Residence Arabel onde estou me hospedando, Kiki, a responsável pela secretaria, me recebeu toda atenciosa, me dirigiu até meu quarto e colocou-se à disposição, caso precisasse de algo. O quarto, aliás, é uma graça, todo charmosinho, com uma varanda deliciosa de frente para um jardim.

Assim que saí na varanda, três garotas puxaram papo com a pergunta: “Are you the new italian girl?” (“você é a nova italiana?”), hahaha. Respondi que era brasileira e a pergunta seguinte foi “are you under 18?” (“você tem menos de 18?”). Pois é... tenho certeza que fiquei vermelha, dei uma risadinha e disse com toda cara de pau do mundo, “Não , I’m 25!”.

O trio era de uma alemã, uma austríaca e uma italiana, que vive com a família em NY. Elas me ofereceram frutas e um copo de Orangina, um refrigerante daqui. Conversamos um pouco e fui dormir.

Segunda-feira cedo acordo sem água no quarto, mas chegando à parte comunitária da residência, já fui recebida por dois estudantes que moram aqui há seis meses, estudando francês. Eles me ofereceram café e me convidaram para ir com eles até a escola, numa caminhada gostosa de vinte minutos.

Chegando na escola, teste de nível! Pois é, uma prova longa para quem não fazia prova alguma há anos. Eram 11 páginas eternas, haha. Resultado: Básico 2 - pelo menos não foi o Básico 0 nem o 1, mas tudo bem, já esperava por isso, mesmo.

258b097fdec0b8678a02139f816ca7d1.jpg

Almocei na escola mesmo e em seguida fizemos um passeio pelo centro de Antibes. Cidade linda, porto super charmoso, cheio de restaurantes, museu do Picasso, e muitas outras atrações que ainda – foco no “ainda” – não tive tempo de explorar.

Saindo de lá, fui com um dos meninos ao supermercado, precisava urgente abastecer minha geladeira. Foi aí que eu me esbaldei: só de queijo foram seis opções, além de sousichon (tipo o nosso salame), legumes lindos e coloridos, frutas, vinho top por dez euros, croissant e pain au chocolate – uma “compra do mês” para quem vai ficar apenas duas semanas, mas não é todo dia que você tem uma cozinha francesa à sua disposição, então melhor aproveitar.

Na terça-feira conheci minha professora e meus colegas de sala. Cada história legal! Não sei se pela minha curiosidade de jornalista, adorei a parte do “qual o seu nome, de onde vem e por que gostaria de aprender a falar francês?”.

9dbe75a1fd8012322085b8d9a8aa9a3a.jpg

O Sam, que estava sentado ao meu lado, por exemplo, conheceu uma francesa na Austrália, se apaixonaram, namoram há dois anos. Agora, de férias na casa dela em Cannes, vem para aula todo dia há um mês para aprender francês.

Lily, uma americana da Califórnia, vive em Napa Valley e toma conta de uma winery (adega), e obviamente precisa do francês para seu business. Já o John, outro americano, é de Nova York e tem business na África, sobre água e charity.

Enfim, uma história mais legal que a outra. Entre um francês truncado, umas palavras em inglês e um “quase jogo de mímica”, todos nos entendemos.

8be4eb9a2b70b4c3a77ce5c62eee7b1f.jpg
 
A princípio, meu curso era apenas pela manhã, mas como são apenas duas semanas, resolvi optar pelo intensivo. Assim que saio da aula, às 16h, pego minha bicicleta e vou para alguma praia, descubro um lugar novo, à noite volto, cozinho e faço a lição de casa. Dia desses encontrei a turminha na praia e hoje vou jantar num restaurante famoso pela pizza de trufa.  Vou eu e minhas amigas de 50 anos, do curso +50, que é também superlegal! Elas têm aula pela manhã e passeios à tarde. Já foram para Mônaco e seguem assim, cada dia um lugar novo.

Entendi que os programas até 18 anos são em um esquema. Dos 18 aos 40, mais ou menos, outro estilo. A turminha Plus 50, é claro, não podia deixar de ter um programa no estilo delas. Muito bacana mesmo!

db721c82e464f2bfe2dbbf865310f64c.jpg

Acho que já contei bastante por hoje. Para quem quiser acompanhar meus dias aqui, tenho feito posts no Snapchat e Instagram!

Feliz pela oportunidade e curtindo cada minuto da viagem!

Por aujourd’hui , c’est tout! Au revoir! 

 

 
 Quer saber mais sobre o curso da Marina em Antibes? Clique aqui

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: