st albans capa

PROGRAMA DE FÉRIAS PARA ADOLESCENTES NA INGLATERRA: VEJA DEPOIMENTOS DE QUEM FEZ

Os Programas de Férias STB combinam cursos de inglês com atividades recreativas e passeios incríveis, permitindo que os estudantes aproveitem as férias escolares de um jeito diferente! Exclusivos para estudante de 13 a 17 anos, os programas acontecem em países como Estados Unidos, Irlanda, Inglaterra, Austrália, França, Canadá e Nova Zelândia. Tudo com a segurança da supervisão de guias brasileiros durante todo o período no exterior.

Na Inglaterra, existem programas em Cambridge, Oxford e em St. Albans – cidade a cerca de 35km de Londres. Nele, além de passeios pela capital britânica, os estudantes também fazem uma viagem de três dias para Edimburgo, na Escócia. Confira, abaixo, os depoimentos de dois estudantes que participaram do grupo em janeiro de 2019.

Amanda Santiago Bassan, 16 anos:

“Assim que eu terminei o curso de inglês, eu comecei a procurar um intercâmbio. Depois de conversar com os meus pais e pesquisar muito sobre o assunto, nós chegamos a conclusão de que o programa de férias era a melhor opção, porque eu poderia treinar o meu inglês e conhecer o lugar que eu mais queria no mundo: a Inglaterra – tudo isso sem interferir nos meus estudos.

A rotina lá na Bell (que foi a escola que eu fiquei) era bem rigorosa. Nós tínhamos o tempo cronometrado para quase todas as atividades. Geralmente, pela manhã, nós tínhamos uma "elective", aula em que podíamos escolher entre as opções que a escola dava: tinha música, dança, british sports... Elas eram, na maioria das vezes, bem divertidas.

amanda st albans (2)

No período da tarde tínhamos aulas de inglês, onde a gente trabalhava a semana toda para apresentar um projeto (podia ser um vídeo, um cartaz etc) na sexta-feira. De noite tínhamos atividades coletivas (como competição em grupo, filme, quiz...) e toda sexta à noite tinha uma festa. Com certeza, apesar de não ter voltado com o tão amado sotaque britânico, meu inglês melhorou muito, principalmente na parte do "listening" [compreensão oral] e do "speaking" [conversação].

amanda st albans (3)amanda st albans (4)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os passeios sempre aconteciam às quarta e sábados. Nós tínhamos que andar em grupos de três pessoas e nos reunir no ponto de encontro a cada uma hora para fazer uma chamada. O tempo disponível para passeio, na minha opinião, era muito pequeno, mas nós conhecemos lugares maravilhosos, como Piccadilly Circus, Covent Garden, Madame Tussauds, Tower of London, Natural History Museum, o Castelo de Edimburgo...

Muitas coisas incríveis aconteceram nessa viagem, mas as que mais me marcaram definitivamente foram ver neve e fazer um bonequinho; experimentar o melhor refrigerante da vida: o Irn Bru (refrigerante típico escocês); e andar num típico táxi escocês, estilo Sherlock Holmes. Também conheci pessoas maravilhosas – tanto as que foram comigo do Brasil (grupo de estudantes + group leader = melhores pessoas), como as que eu conheci lá.”

 Pedro R. Pinheiro, 18 anos:

Sempre gostei muito de viajar, porém nunca havia viajado sozinho para outros países. Preferi a Europa ao invés dos Estados Unidos para minha primeira empreitada internacional por causa de todo o valor cultural do lugar, sua ambiência medieval e também para poder praticar o meu inglês britânico.

pedro st albans (4)

A rotina era bem puxada. Acordávamos todos os dias as 7 da manhã e após o café tínhamos nossas aulas e atividades, que englobavam desde o aprendizado dos costumes ingleses até aulas sobre temas que eu pessoalmente não esperava ver por lá, como programação de computadores, por exemplo.

pedro st albans (2)Duas vezes por semana nós saíamos para um "tour de estudos" por vários pontos turísticos famosos, principalmente os de Londres. Os destinos incluíram o Museu de História Nacional de Londres, o museu de cera Madame Tussauds, o studio dos filmes da franquia Harry Potter e uma inesquecível viagem para Edimburgo, na Escócia.

Acho que esses passeios foram muito corridos, já que eu poderia passar muito mais tempo apreciando as atrações locais, mas apesar disso todos eles me proporcionaram ótimas experiências.

Antes de ir para o intercâmbio, eu sentia que precisava aprimorar o jeito como eu falava inglês e, após um mês na Inglaterra, fico muito feliz de dizer que hoje posso falar a língua inglesa com muito mais segurança. Conheci tantas pessoas diferentes, com sotaques diferentes, que com o tempo a vergonha simplesmente desapareceu.

Viver um mês longe de casa, na Europa, conhecendo lugares incríveis e vivendo situações completamente novas foi inesquecível. Durante esse mês eu dancei o "ceilidh", tradicional dança escocesa, vi neve pela primeira vez, pude me apaixonar por Londres e por Edimburgo e muito mais. Mas eu realmente falo sério quando digo que a melhor parte dessa jornada não foram os lugares, mas sim todas as pessoas diferentes e incríveis que eu conheci. Poder presenciar tantas culturas, pontos de vista e hábitos em um só lugar foi simplesmente surreal.

pedro st albans (3)pedro st albans (1)

 

 

 

 

 

 

Fui para esse intercâmbio querendo simplesmente conhecer a Europa e aprimorar o meu inglês, mas agora retorno como uma pessoa mais experiente, com muitas amizades valiosas e com lembranças as quais eu tive o prazer de viver junto com essas pessoas.”

QUER VIVER UMA EXPERIÊNCIA COMO A DA AMANDA E DO PEDRO ?

CONHEÇA OS  PROGRAMAS DE FÉRIAS STB - TEMPORADA JULHO 2019!

                    

STB

STB

Fundado em 1971, o STB Student Travel Bureau é líder no segmento de educação internacional no Brasil, oferecendo as opções certas para cada fase da sua vida. Quem você quer ser? Conte-nos onde quer chegar e nós traçamos o caminho.

Deixe um comentário

BUSCAR RESULTADOS PARA: