Primeiro passeio na Filadélfia!

Finalmente conheci a cidade grande da Pensilvânia, a Filadélfia! "Philly" é a cidade grande, onde tudo acontece. Eu moro no subúrbio, como se no Brasil eu estivesse indo do interior para a capital. É a quinta maior cidade da costa leste dos EUA e a sexta maior do país inteiro. Saí das highways arborizadas e floridas para a "selva de pedra" da Pensilvânia. Confesso que estava até com saudade de ver luzes, arranha-céus e carros passando 24h por dia...

Conheci duas brasileiras (ambas Au Pairs) que moram pertinho da capital e me convidaram para passar o fim de semana com elas! Topei na hora, mas tive que correr atrás de um jeito de ir pra lá, pois ainda não tenho um GPS para me guiar para tão longe (esqueci de dizer que moro a uns 40 minutos da casa delas) e porque uma hora ou outra precisaria aprender a andar de trem nesse país, principalmente pela sorte que eu tenho de ter uma estação tão perto de mim :)

Comentei com a minha host mom que gostaria de ir visitar minhas amigas de trem e ela foi a coisa mais fofa do mundo comigo! Me ajudou muito me explicando quais as linhas e estações eu deveria pegar, imprimiu vários papéis com os horários dos trens e até grifou com marca-texto o que eu deveria pegar. Fez algumas "setinhas" anotando coisas do tipo: "Às 18h12 você pegará o trem X que vai para a estação Y. Você chegará na estação Y às 18h31 (aqui é tudo assim, pontual, como número quebrado). Você fará uma conexão e pagará o trem Z às 18h46..." Muito legal da parte dela! Realmente me ajudou muito! :) Mas o que realmente ajuda são as pessoas, viu. Assim que me viram com aquela papelada toda cheia de anotações na estação, já se aproximaram explicando como funcionava tudo. Deu super certo! E pra variar, conheci mais brasileiros no meio do caminho... estamos em todo lugar!

Logo no sábado de manhã, fomos para a Filadélfia procurar um restaurante brasileiro para almoçar. Rodamos bastante, até achamos que o GPS estava de sacanagem, pois o restaurante não tinha nada de brasileiro por fora (nem uma bandeira!). Tivemos que perguntar em uma lojinha nos arredores. Quando entramos, ahhhhh... que sensação gostosa! Televisão em português, pessoas conversando em português (vários sotaques!), o refrigerador cheio de queijos mineiros, margarina Doriana, doces brasileiros (caçarola, pudim de leite, quindim), pão-de-queijo, coxinha... e é claro, um self-service para almoçar com aquela comidinha caseira, sabe? Arroz (!!!), feijão tropeiro, saladinha, farofa, bife... delirei, gente! Até que me acostumei a almoçar sanduíche, como comentei no post anterior, mas nada como uma comidinha com cara de que foi a mamãe quem fez.

Ah, a melhor parte foi o Guaraná! Não me conformo que as pessoas se entopem de Dr. Pepper (que eu odeio) nesse país e ainda não descobriram o Guaraná. Me acabei. Comprei até um "estoque" de 1 litro pra deixar guardado aqui em casa para quando a saudade bater! :P

Cocada branca!

Andamos de kart infantil (3 voltinhas por 5 doletas) num Happy Thymes (aquelas casas de fliperamas que você ganha tickets e troca 500 deles por 1 bala, hahahaha). Foi muito legal! Estava um dia engraçado. Meio chovendo, meio sol. Meio frio, meio calor. Isso resultou num belíssimo arco-íris! Fazia tempo que eu não via um... ou melhor, dois! Na foto não dá pra ver os dois, pois o outro ainda estava fraquinho... mas o carinha do kart não parava de gritar: "DID YOU SEE THE DOUBLE RAINBOW? OH MY GOD, IT'S GORGEOUS!!!" Sério, dava até raiva... aí depois, comentando com meu namorado sobre isso, ele me mandou um vídeo "meme" do Youtube que é um cara emocionado com um double rainbow... desses vídeos com zilhões de visulizações, sabe?! Aí que meu toquei que o cara do kart deveria estar imitando o vídeo, sei lá. Ele está abaixo da foto, para quem tiver curiosidade de assistir (e dar um pouco de risada também!)

 

Não vamos fugir do assunto, né. Voltemos à Filadélfia.

Deixamos para visitar os pontos turísticos no domingo. O dia estava perfeito :) Iríamos entrar no Museu de Arte da Filadélfia, mas minha amiga esqueceu em casa os ingressos que ela ganhou com entrada free, então o post sobre o Museu (que tem exposição permanente do Duchamp!!!) ficará pra próxima. Mas calma, gente. Não é só isso! O museu é super famoso por fora, pois suas escadarias são mundialmente conhecidas pela cena mais famosa do filme Rocky Balboa! Alguém lembra?

Tem até uma estátua do Rocky em frente ao museu, onde a fila para tirar foto é bem grande. Ainda há uma pessoa esperta que fica ao lado da estátua alugando um par de luvas de boxe, para quem quiser tirar uma foto... hum... temática!

Depois da visita ao museu, tomamos um smoothie no famoso Capriccio Cafe, que fica ao lado do Love Park. Uma delícia! Recomendo muito o de wilberry para quem tiver a oportunidade de visitar! É um ótimo lugar para ver as pessoas passando (tem mesinhas e cadeiras na calçada), tomar um café ou um suco (ou um smoothie, é claro), aproveitar o free wi-fi e comprar alguns cartões-postais!

Finalmente... Love Park! É um dos pontos turísticos mais famosos da Filadélfia! Já foi o ponto alto dos skatistas americanos, mas agora é proibido andar de skate lá. Virou uma praça bem bonita e turística, com uma fonte bem grande e o letreiro escrito "Love", que atrai vários casais apaixonados fazendo poses "cafonas" para tirar foto :P Gostei!!!

 

Tem um documentário bacana sobre o Love Park no Vimeo! É bem interessante e fala bastante sobre o que o parque (que na verdade é uma praça, né) representava para os moradores da Filadélfia (e principalmente para os skatistas) alguns anos atrás. É todo em inglês, mas vale a pena assistir:

Ai, que difícil resumir um fim de semana inteiro cheio de novidades e de coisas legais! Ficaria escrevendo aqui por mais algumas boas horas, viu! Espero que tenham gostado mesmo assim!

Até a próxima!

Beatriz Morgado

Beatriz Morgado

Sempre em busca de uma experiência inesquecível, Beatriz, estudante de publicidade e propaganda, resolveu embarcar para os Estados Unidos para ser Au Pair! Acompanhe como ela encara uma rotina cuidando das crianças no estado da Pensilvânia e ainda arruma tempo para estudar francês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: