a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

Primeiro contato com a host family

Em um intercâmbio existem várias opções de hospedagem, entre elas ficar em alojamento estudantil ou casa de família. Eu escolhi a homestay (casa de família), porque além de ser mais barato, acredito que terei maior proximidade com a cultura do país.

Pouco tempo depois que fiz o pagamento e peguei o contrato, o STB me enviou o endereço da casa e o contato da minha host family (família anfitriã). Entrei no Google correndo e vi se era perto da escola, se a região era boa, etc. Gostei bastante: vi que vou morar em um condomínio e que, na verdade, morarei apenas com uma mulher.

Enviei no mesmo dia um e-mail para ela, e a primeira frase logo foi um “Já peço desculpas pelo meu inglês ruim” hahaha! Afinal, faz tempo que não pratico, então já sabe né? :P

Ela me respondeu horas depois: chama-se Mary, e foi muito simpática. Isso me deu um alívio enorme! Bom, ela disse para eu ficar tranquila, que meu inglês não é tão ruim e que me acompanhará no primeiro dia de aula até a escola e que me ensinará tudo sobre a região. Ufaaaa!

E o visto canadense?

Hoje vou ao despachante para solicitar o visto. Faltam apenas 18 dias para minha viagem e ansiedade está cada vez maior.

Vocês sabiam que uma tradição simpática dos intercambistas é levar um presente para a host family? Eu já escolhi o que vou levar, mas contarei tudo no próximo post ;-)

Wish me luck! :D
(Desejem-me sorte!)

Lidi Faria

Lidi Faria

Paulista e tuiteira Lidi ganhou um intercâmbio com tudo pago participando de um concurso cultural na Campus Party 2010. Famosa por seu twitter, a @lidifaria agitou a rede para ganhar a promoção e não deu outra, ela embarcou com a gente para o Canadá! A sortuda divide esta experiência aqui no blog e a emoção de conhecer uma nova cultura, um novo idioma, um novo país.

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: