DICAS

AS PARADAS LGBTQ+ MAIS FAMOSAS DO MUNDO

Em julho é celebrado o Mês do Orgulho, que marca a luta do movimento LGBT+ por igualdade e visibilidade

Published

on

O mês de junho é sinônimo de celebrações que têm como objetivo aumentar a visibilidade da comunidade LGBTQIAP+. Os eventos marcam a memória dos protestos de Stonewall, que aconteceram em Nova York, em junho de 1969, e redefiniram a luta da comunidade nos Estados Unidos, espalhando-se posteriormente por todo o mundo.

O que começou como um acontecimento social e político, adquiriu ares comemorativos com as conquistas do movimento LGBTQIAP+ ao longo dos anos, ganhando desfiles, shows e festas, além das tradicionais passeatas, que movimentam, inclusive, o turismo em muitos destinos.

Celebrar e apoiar a comunidade LGBTQIAP+ em uma das paradas é uma experiência única e importante. Além de chamar a atenção para a luta da comunidade contra a homofobia e por direitos iguais, esta é uma oportunidade para celebrar a diversidade, o respeito e o amor, além de turistar por algumas das maiores capitais do planeta.

Em 2019, mais de 150 eventos oficiais, como paradas e festivais e aconteceram em todo o mundo. Este ano, como um dos efeitos de uma pandemia global, a celebração do Mês do Orgulho teve de ser adaptada para acontecer de maneira remota e segura, com diversos eventos onlines que vamos sugerir neste texto.

Enquanto não é possível se aglomerar para apoiar e celebrar o amor no Mês do Orgulho, que tal aproveitar para conhecer algumas das paradas mais importantes do mundo e, quem sabe, começar a sonhar com o seu próximo destino? Confira!

NOVA YORK

Não há dúvidas de que Nova York tem uma conexão especial com os eventos da pride parade. Foi lá que o movimento pelos direitos LGBTQIAP+ decolou, em 1969, após o bar Stonewall Inn, em Christopher Street, ser invadido por policiais, desencadeando inúmeros protestos e manifestações nos Estados Unidos.

ny-pride

Com a diversidade em seu DNA, a parada de Nova York continua a ser poderosa quase cinco décadas depois de sediar o primeiro evento, em 1970. Em 2018, teve como tema “Defiantly Different”, sobre a importância de reconhecer, aceitar e celebrar as diferenças. No ano passado, a parada relembrou os acontecimentos históricos de Stonewall, que na ocasião completavam 50 anos.

Já em 2020, a marcha de Nova York celebra 50 anos e será transformada em um evento online, transmitido ao vivo no dia 28 de junho no chamado Special Pride Broadcast Event, que além de contar com a presença de inúmeras personalidades e ativistas do movimento, também terá apresentações de artistas como Janelle Monáe e da cantora brasileira Luísa Sonza. Neste link, você encontra todos os eventos online organizados pela NYC Pride ao longo de junho.

BERLIM

Quando se trata das celebrações do orgulho LGBTQIAP+ na Europa, Berlim é um dos destinos que mais se destaca. Na capital alemã, o evento leva o nome Christhopher Street Day, em alusão aos eventos iniciais em Nova York, dando o tom político da celebração.

Com uma parada que atrai milhares de pessoas todos os anos, Berlim é definitivamente um lugar histórico para protestar. Ter a experiência de vivenciar o ativismo alemão durante a marcha em direção ao Portão de Brandemburgo é um momento poderoso que, certamente, ficará na memória.

Em 2020, o evento, que leva o tema “não esconda o seu orgulho”, também será online. A celebração oficial está marcada para o dia 25 de julho e você pode acompanhar toda as atualizações do CSD neste link.

TEL AVIV

A Tel Aviv Pride é a maior celebração da comunidade LGBTQIAP+ no Oriente Médio. Um dos destinos mais populares de Israel, a cidade se orgulha por ser um refúgio para os moradores e viajantes LGBTQIAP+ na região.

Ao longo dos anos, inúmeras instituições políticas e religiosas tentaram banir o evento, mas a verdade é que a parada de Tel Aviv fica maior e mais importante a cada ano que passa. Este ano, a festa que aconteceria no dia 12 de junho, foi adiada para o final do ano. Mais informações na página oficial da Tel Aviv Pride.

AMSTERDAM

parada-gay-amsterdam

Considerado um dos destinos mais progressistas da Europa, a Holanda foi um dos primeiros países a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo gênero e, não por acaso, tem uma das pride parades mais reconhecidas do mundo.

A Amsterdam Pride estreou em 1996, sendo o primeiro de uma série de eventos realizados na cidade durante o mês de junho e agosto. Um dos mais famosos deles é o tradicional desfile de barcos, realizado no primeiro sábado de agosto nos canais da cidade. Este ano, tanto o desfile quanto a parada foram cancelados, mas a Pride Amsterdam já começou a anunciar a programação para 2021.

TORONTO

A primeira parada de Toronto aconteceu em 1981, com forte apelo político e parte dos protestos contra ataques maciços em balneários LGBTQIAP+ da cidade, em um evento muitas vezes referido como “Stonewall do Canadá”. Hoje, a Toronto Pride é considerada uma das maiores celebrações do mundo, colocando o Canadá na lista dos países mais inclusivos quando o assunto é a garantia dos direitos LGBTQIAP+.

Em 2020, a celebração também foi adaptada para o universo online, em uma ação batizada Virtual Pride.  De acordo com a Toronto Pride, esta é uma oportunidade de usar a tecnologia como plataforma para divulgar os inúmeros talentos da comunidade LGBT. Além disso, o site da parada foi todo convertido em uma grande agenda que promoverá encontros, debates e festivais online durante todos os meses de junho a agosta. Você confere a programação aqui.

SYDNEY

GettyImages-829918600

A impressão é de que toda a Austrália se reúne em Sydney durante os eventos promovidos para a visibilidade LGBTQIAP+. O movimento é tão grande no país que as celebrações se estendem por várias semanas entre fevereiro e março.

Entre os mais de cem eventos oficiais, é possível encontrar uma feira comunitária, festivais de comédia, shows, exposições e, claro, a parada do orgulho LGBTQIAP+ de Sydney, da qual já participaram artistas icônicos como Cyndi Lauper e Cher.

Para se adaptar a pandemia, o site oficial da Sydney Pride anunciou o Sydney Pride Festival, que acontece online todos os dias até 30 de junho, promovendo ações de arte, cinema, debates e arrecadações. Clique aqui para conferir a agenda.

MADRI

Reconhecida pela MTV como o “mejor evento gay del mundo” por dois anos consecutivos, a Parada Gay de Madri (MADO) começou com pequenas manifestações por direitos iguais nos anos 1980 e é, hoje, uma das mais populares da Europa. Ela acontece anualmente durante o mês de julho e dura cerca de cinco dias.

Shows ao ar livre, mostras de cinema, festas, eventos esportivos como a Carrera de Tacones, uma tradicional corrida de salto alto, além da marcha do orgulho LGBTQIAP+ fazem parte do evento, que chegou a reunir mais de 2 milhões de pessoas em suas duas últimas edições. 

Este ano, a parada também foi convertida para o formato online. Você encontra mais informações  no site oficial da MADO.

Continue Reading
Click to comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *