assd.jpg

Museus de Nova York: Guggenheim

Parece que quanto mais se mora em Nova York, mais tem coisas para fazer e lugares para conhecer. Finalmente tive a oportunidade de conhecer um dos museus mais famosos da cidade, o Guggenheim.

Desde a sua criação em 1937 em Nova York, a Fundação Solomon R. Guggenheim é uma instituição de destaque em preservação e pesquisa da arte moderna e contemporânea. A expansão global do museu, contanto, começou em 1970 com a abertura da Coleção Peggy Guggenheim em Veneza. Em 1997, foi incluído no portfólio da Fundação novos museus pelo mundo, como o Museu Guggenheim de Bilbao, o Guggenheim Deutsche (em Berlim) e o Guggenheim Abu Dhabi.

Em Nova York, o Guggenheim localiza-se pertinho de outro famoso museu, o Metropolitan (Met). Pela arquitetura de ambos os prédios já dá para perceber quais são seus fortes. Enquanto o Met apresenta uma arquitetura clássica e tradicional, o Guggenheim dá um toque moderno ao Upper East Side de Manhattan. O Guggenheim é lindo!

Pela minha visita, percebi que a arte do Guggenheim é para poucos. É arte moderna, onde o significado muitas vezes é muito mais importante do que a peça em si. Fui com mais três amigos e parece que somente eu gostei das exibições que estavam no museu, os outros três gostaram apenas da coleção permanente.

Apesar do museu contar também com uma coleção permanente que inclui obras de Paul Cézanne, Paul Gauguin, Edouard Manet, Claude Monet, Pablo Picasso, Camille Pissarro, Pierre Auguste Renoir, e Vincent van Gogh, a seleção de obras da coleção permanente não é muito vasta e não são as obras mais famosas desses artistas.

Teto do Guggenheim

Se você prefere ver obras famosas, atravesse a rua e vai no Met. Mas se você já conhece o Metropolitan, já cansou de ver Campo de Trigo com Corvos de Van Gogh e quer saber os novos caminhos da arte, instalações e fotografias, o Guggenheim é uma excelente pedida.

Durante minha visita, tive a oportunidade de conhecer o trabalho de John Chamberlain e suas esculturas feitas a partir da caçamba de automóveis. Fiquei admirada com as obras criadas a partir desse material tão impossível de trabalhar dada sua rigidez. "Being Singular Plural" é uma outra exibição que está acontecendo no museu e que também despertou minha atenção. As obras dessa última fazem você parar e observar ao seu redor. Esquecer a correria e a enorme quantidade de informação e se focar em um determinado aspecto do ambiente.

Esculturas de John Chamberlain

Ainda não tive a oportunidade de visitar outro Museu Guggenheim pelo mundo, mas não vejo a hora! De qualquer forma, comecei pelo de Nova York e gostei bastante. Mas realmente a experiência no Guggenheim depende muito o quão aberto para arte moderna você é e o quão interessante as exposições temporárias são, já que o acervo do museu em si não é muito grande.

Solomon R. Guggenheim Museum

Endereço: Quinta Avenida, 1071 com a Rua 89 - New York, NY
Horário: Domingo à Sexta-Feira: das 10:00 às 17:45; Sábados: das 10:00 às 19:45; Fechado: Quinta-Feira, Thanksgiving e Natal.
Preço: Adultos US$18; Estudantes e Idosos (mais de 65 anos) US$15; Entrada Gratuita para Crianças (menores de 12 anos) e Sócios.
Audio Tours: Um rádio com tour em áudio está incluso com o ingresso do museu, pegue o seu na entrada!
Museu (quase) de graça: Aos Sábados entre 17:45 até 19:45 a entrada ao museu é quase gratuita (pague quanto desejar), mas lembre-se de chegar antes já que a fila pode ser longa!

Bruna Calheiros

Bruna Calheiros

Paulista e blogueira, Baunilha é publicitária e apaixonada por games, seriados, HQ, cinema, design e arte. Com projetos promissores e vontade de aproveitar tudo o que o mundo tem para oferecer, ela está estudando em NY e você pode conferir os textos repletos de dicas e detalhes sobre a cultura norte-americana que a @baunilha prepara especialmente para vocês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: