DESTINOS

MOTIVOS PARA ESCOLHER A NOVA ZELÂNDIA DE ACORDO COM RANKINGS GLOBAIS

Está pensando em fazer um intercâmbio na Nova Zelândia? Confira alguns motivos para escolher o país como destino

Published

on

A Nova Zelândia faz jus a sua reputação de belezas naturais. Mas muito além dos vulcões, montanhas, praias e geleiras que serviram de cenário para inúmeras produções do cinema, existem outros motivos incríveis para se apaixonar por suas ilhas.

Da encantadora hospitalidade de seus moradores ao fato de ser um dos países que mais oferece oportunidades para brasileiros no exterior, não é por acaso que a Nova Zelândia é frequentemente apontada como um dos destinos mais populares para intercâmbio.

Na última década, o país vem se tornando ainda mais convidativo, ocupando posições impressionantes em alguns dos principais índices globais relacionados à segurança, qualidade de vida e educação.

Ainda está em dúvida sobre porque escolher fazer um intercâmbio na Nova Zelândia? Veja o que seis rankings globais têm a te dizer sobre o destino!

Um dos países mais seguros do planeta

Já há alguns anos a Nova Zelândia aparece no top 10 do ranking Global Peace Index, que lista os países mais pacíficos do mundo. Em 2019, na edição mais recente da lista, que analisou 163 nações, a Nova Zelândia ficou com a segunda posição, atrás apenas da Islândia.

Qualidade dos serviços públicos, baixo nível de corrupção, igualdade de gênero e distribuição de renda foram alguns dos fatores considerados para a elaboração do ranking Most Peaceful Country in the World. A Nova Zelândia se destacou ainda pelo alto índice de aceitação de imigração, um dos mais expressivos da lista.

País mais amigável do mundo

Ser bem-recebido em um destino desconhecido é tudo. E a Nova Zelândia pode se gabar de proceder a sua reputação de ser um país amigável, já que aparece há anos no ranking Friendliest Country in the World, promovido pelo HSBC Expat Explorer Survey e divulgado pela revista Forbes.

Em 2011, os kiwis atingiram o topo da lista e seguem no top 10 desde então. Entre os estrangeiros residentes no país entrevistados para a pesquisa, 75% relatou ser fácil se encaixar na nova cultura e mais da metade declarou interesse em permanecer morando definitivamente no país.

Número um em experiências para estrangeiros

Em 2017, o destino ocupou o topo de uma nova categoria da pesquisa HSBC’s Expat Explorer Survey: experiência. Na ocasião, a maioria dos estrangeiros que vivem no país afirmou ter se mudado para lá em busca de qualidade de vida e, claro, de novas experiências.

Além da diversidade de atrações e possibilidades culturais, também foram considerados indicadores questões como o apoio que o país oferece a empreendedores, o fato de ele ter um dos melhores serviços de saúde do mundo e de possibilitar um estilo de vida ativo, incentivado pelos kiwis e pelo cenário deslumbrante da Nova Zelândia.

Melhor país da terra

Esse título é grandioso e a Nova Zelândia tem muitos motivos para se orgulhar: em 2019, foi simplesmente a sétima vez consecutiva que o país conquistou o pódio da categoria Greatest Country on Earth, do Telegraph Travel Awards, promovido pelo tabloide britânico.

Desde 2012, o destino é apontado pelos leitores da publicação como o melhor do mundo para viver. Sua beleza natural foi um dos principais fatores que a alçou e a manteve no topo, mas outras características como a força da cultura maori e os vinhos de alta qualidade também se destacam na opinião dos viajantes.

VOCÊ PODE GOSTAR: DESTINOS DE CINEMA PARA CONHECER NA NOVA ZELÂNDIA

Estudantes preparados para o futuro

A Nova Zelândia também carimba a sua presença todos os anos no ranking Preparing Students for the Future, da publicação inglesa The Economist. Em 2017, chegou a atingir o topo da lista, ficando atualmente entre os três destinos que mais investem em educação, atrás da Finlândia e da Suécia.

Entre os indicadores, o país se destaca por sua estrutura curricular, pela eficácia do seu sistema de ensino, investimento na formação de professores, aconselhamento de carreira dentro das escolas e muito mais.  

A razão de todo esse sucesso pode ser sintetizada no fato de a Nova Zelândia enxergar a educação como um investimento estratégico para a manutenção do seu bem-estar social: mesmo sendo um país pequeno, escolheu ser competitivo para que seja notado globalmente – tem dado certo.  

Qualidade de vida é tudo para os kiwis

Em 2019, a Nova Zelândia também se destacou na categoria Work-Life Balance, do HSBC’s Expat Explorer Survey, ocupando a segunda posição na lista de países que mais permitem o equilíbrio entre a vida social e profissional.

Isso porque os neozelandeses sabem que trabalhar é importante para o progresso, mas também acreditam que é um desperdício não separar uma boa parcela da vida para aproveitar tudo de incrível que o país oferece.

Por isso, ao fazer um intercâmbio na Nova Zelândia, não se assuste se encontrar lojas e estabelecimentos fechados após o horário comercial. Por lá, todo mundo trabalha e se diverte na mesma proporção.

Agora que você sabe um pouco mais sobre os encantos da Nova Zelândia, aproveite para conhecer os programas oferecidos pelo STB no destino. Se tiver dúvidas, os nossos especialistas estão à disposição para atendimento online.

Continue Reading
Click to comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *