7-Blog_Topo_Londres-Viajar-pra-que-740x390.jpg

Londres – viajar, pra quê?

Você pode até ouvir as pessoas perguntarem “Estudar, para quê?”, “Casar, para quê?”, “Comprar uma casa nova, um carro novo, para quê?”. Mas nunca ouvi ninguém perguntar “Viajar, para quê?”.

A verdade é que viajar é algo inerente ao ser humano. Fazíamos isso há muitos e muitos anos em busca de um lugar que nos desse o que comer e que pudéssemos nos abrigar e nos reorganizar. E hoje, apesar de sermos muito mais enraizados, a viagem desperta todas aquelas expectativas sobre o desconhecido, sobre um novo modo de viver, de falar e ver os acontecimentos, de largar a rotina. Viajar é trocar a roupa velha, despir os sapatos apertados. Todo mundo quer falar, viver ou ouvir sobre uma viagem.

Minha paixão por viagem, na verdade, é uma mistura de tantas outras nessa vida. Desde muito antes de viajar, e dos atuais 27 anos, já amava escrever poemas, contos e diários. Hoje sou professora de inglês, tradutora e, nas horas vagas, me divido entre outras duas paixões – CrossFit (depois conto um pouquinho mais) e comida. Para conciliar exercício e boca com um estilo de vida saudável, adquiri um hobby: testar receitas na cozinha de casa para comer bem sem me privar de saborear. Tudo isso para correr atrás dos meus sonhos. Tá, tudo bem, mas.... e Londres, onde entra nesta história?

A viagem para Londres começou da vontade de realizar um sonho meu e do meu marido: viajarmos juntos para fora do país e ganharmos novas experiências, especialmente àquelas voltadas para o inglês. Escolhemos a escola International House. O Marcelo irá fazer um curso de inglês regular e eu vou fazer um curso chamado CELTA, específico para quem já ensina ou quer ensinar inglês como segunda língua. É um curso fenomenal, que exige muitas horas de dedicação – me disseram, eu vou pagar para ver e contar tudo para vocês depois – e que concede uma certificação internacional que permite ao professor dar aulas em diversos lugares do mundo. Bom demais, hein?

Então, nos meus próximos posts e nas semanas seguintes, pretendo entender e contar para vocês as respostas das questões que vou encontrar lá:

CELTA

O que é? Vale a pena? Como funciona o curso? A carga horária é pesada mesmo, ou dá para curtir e estudar? O que fazer para se preparar para quem quer mesmo fazer o curso?

VIAGEM EM CASAL

E aí, viajar com o marido, com a mulher, com a família é tão diferente assim de viajar sozinho? O que dá para fazer em Londres em casal? E o aprendizado, fica muito comprometido? O que fazer para burlar o português e, de fato, usar o inglês e fazer o investimento valer?

COMER E TREINAR

Como encontrar comida saudável e, de preferência, barata em Londres? Dá para manter uma alimentação de qualidade sem glúten e que não tome muito do pouco tempo livre? Será que restaurantes oferecem isso? E os supermercados? Como se organizar, para quem não quer abrir mão dos exercícios? Quanto aos parques, oferecem boa estrutura por lá? Ou melhor bancar uma academia?

Até mais!

Fernanda Surian

Fernanda Surian

Fernanda Surian

Fernanda é professora de inglês e embarca para Londres para realizar um sonho: viajar para o exterior com o marido, em busca de novas experiências de vida. Lá, ela fará um curso chamado CELTA, específico para professores, e ele estudará o General English. Apaixonada por CrossFit e alimentação saudável, além de escrever sobre seu curso e dia a dia, ela também compartilha com a gente a sua experiência 'gluten free' na capital inglesa!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: