bike-done-750x750.jpg

Flórida Trip Parte 3: Vôo atrasado e mais um dia em Key West!

Essa é a penúltima parte dos meus posts, sobre a minha lindíssima trip para a Flórida! Já contei as aventuras como Au Pair, minha viagem pra Miami, um pouquinho de Key West e agora quero terminar com estilo!

Depois da noite em que virei rockstar em Key West, voltamos para o hotel para dormir e acordar cedinho no dia seguinte, pois nosso vôo para Orlando sairia do aeroporto às 6 da manhã. Optamos por esse vôo cedo porque, assim, chegaríamos em Orlando por volta das 9h e ainda teríamos o dia inteirinho para curtir o parque da Universal Studios, sem pressa!

Recebemos uma surpresa não muito agradável ao chegar no aeroporto: vôo atrasado. Que beleza! A primeira coisa que me passou pela cabeça foi que eu poderia ter dormido mais já que,  depois da noitada rockstar, percebi que não acumulei nem 3 horas de sono. Cochilamos naquelas cadeirinhas nada confortáveis e compramos souvenirs para passar o tempo. Perto da hora do "novo embarque", a American Airlines anunciou que o vôo atrasaria mais ainda e dessa vez sem previsão de horário! COMO ASSIM, NÉ?

Fazendo as contas e chutando baixo, percebemos que não importava qual o horário do vôo, iríamos perder o dia, pois chegaríamos lá muito tarde para aproveitar o parque. Analisando toda a situação, eu, a Kainara e a Rafa chegamos à conclusão que deveríamos pedir para remarcar nosso vôo, esquecer um dia de parque e aproveitar mais um dia em Key West, já que amamos tanto a cidade.

No guichê, o moço da AA conseguiu remarcar nosso vôo para às 7 da noite. Não gostei muito do horário, que não é nem cedo e nem tarde, é "meio termo". Mas, mesmo assim, era melhor do que ficar sentada no aeroporto a tarde toda sem saber que horas o vôo sairia. Demos mais uma pechinchada/reclamada e ainda conseguimos um voucher para alimentação válido em qualquer aeroporto, alegando que havíamos perdido dinheiro com aquela comida carésima que vendem no aeroporto e também havíamos perdido o café da manhã do hotel de Orlando, que era incluso. Ponto pra gente!!! Ah, fora o ingresso do parque que já estava pago, né... mas isso eles não poderiam reembolsar porque o vôo atrasou por questões governamentais, algo relacionado a inspeções e tudo mais. Não foi falha da empresa.

Nós havíamos comprado ingressos de 2 dias para a Universal Studios e 1 dia para o SeaWorld, já que ficaríamos em Orlando 3 dias e meio. Trocamos um dia da Universal por um a mais em Key West e posso dizer que não me arrependo! No final das contas, deu tudo mais do que certo, pois o que queríamos mesmo era ficar em Key West!!!

Voltamos para o hotel em que estávamos hospedadas, explicamos a situação do nosso vôo e a equipe, que por sinal sempre foi muito atenciosa, nos deixou guardar as malas no lobby até a noite. Além disso, ainda nos deixaram usar o shuttle do hotel de graça para o centro da cidade. Nem nos preocupamos com transporte! Uma beleza :)

Morrendo de fome, almoçamos num restaurante cubano um belo prato de arroz com feijão, tomamos água de coco e fomos passear. Alugamos uma bicicleta (coisa típica de se fazer em Key West) e fomos visitar outros pontos turísticos. O mais famoso da cidade é essa bóia (?) aí da foto, que assinala o ponto mais ao sudeste dos Estados Unidos, marca registrada da ilha. Ela fica a 90 milhas de Cuba! Mais perto de lá do que qualquer Estado americano... por isso é que tem taaaaanto cubano na cidade e tantas características latinas.

Estacionamos as bikes na praia, esticamos as toalhas e... dormimos! Sério, dormimos como crianças embaixo da sombra de uma árvore. Foi perfeito! Quando o dia foi chegando perto do fim, devolvemos as bicicletas e o dono do lugar ainda nos deu uma carona pro hotel, para pegarmos nossas malas, e ainda nos levou para o aeroporto! Saiu mais barato do que o táxi! Pronto, fim da trip na ilha! Hora de voltar pra cidade...

No próximo post, contarei a parte final da viagem e os 2 dias que curtimos muito no Universal Studios e no SeaWorld em Orlando!

Beijos! =)

 

Beatriz Morgado

Beatriz Morgado

Sempre em busca de uma experiência inesquecível, Beatriz, estudante de publicidade e propaganda, resolveu embarcar para os Estados Unidos para ser Au Pair! Acompanhe como ela encara uma rotina cuidando das crianças no estado da Pensilvânia e ainda arruma tempo para estudar francês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: