miamibeach-done-750x420.jpg

Florida Trip Parte 1: Miami Beach

Foram MESES de planejamento, noites de sono perdidas e muito dinheiro economizado para organizar e fazer dar certo nossa viagem dos sonhos. "Dos sonhos" fica meio brega, eu diria que foi bastante esforço dedicado a uma viagem mais do que completa, nossas últimas férias nos Estados Unidos. Vocês já vão entender o porquê.

Tenho duas amigas maravilhosas que minha vida de intercambista me deu: a Kainara e a Rafa, que já era amiga da Ká no Brasil desde que fizeram faculdade juntas. Planejamos essa viagem juntas para fechar o intercâmbio da Kainara e o meu com chave de ouro e para aproveitarmos a oportunidade de viajarmos juntas pra longe pelo menos uma vez.

Eu nunca tive a menor vontade de ir pra Miami, tanto que, por mim, eu tiraria fora do roteiro. Acabamos incluindo porque... tchananananan... depois de mais de 1 ano morando nos EUA, finalmente minha irmã viria me visitar!!! Pois é, enquanto eu planejava minhas últimas férias, ela também planejou a dela para vir me visitar e também para passear por aí. O ponto indispensável da viagem para ela e pra nossa amiga que também viria junto, a Tuanni, era Miami. Por causa disso, resolvemos incluir Miami para que pudéssemos nos encontrar.

No finalzinho de julho, eu, Kainara e Rafa embarcamos de Philadelphia para Miami numa sexta-feira. O vôo não durou nem 3 horas, chegamos lá umas 10 da noite. Ficamos hospedadas num albergue que encontrei no meu amado guia Lonely Planet, zilhares de vezes citado aqui no blog, chamado Tropics, bem no meio da Collins Avenue. Localização excelente!

Logo na primeira noite saímos para conhecer a Ocean Drive, avenida mais famosa de Miami, a pé. Entramos de barzinho em barzinho para conhecer, até que nos identificamos com um e acabamos ficando. Tinha um pessoal dançando hip hop insanamente! Um moço logo viu que estávamos fora do ritmo e veio nos ensinar um passos. Foi engraçadíssimo! Viramos a noite dançando e curtindo numa boa e ainda conseguimos voltar à pé pro albergue porque era muito perto de onde estávamos. Fica a dica para qualquer viajante: localização é TUDO. Nada como gastar pouco com táxi e ainda por cima poder caminhar pela cidade e conhecer o máximo possível.

No dia seguinte, enquanto tomávamos café da manhã, liguei pro meu pai pra saber da localização da minha irmã e se ela já havia chegado nos EUA. Ela e meu pai tem rádio Nextel e conseguiam se falar entre si enquanto eu falava com meu pai lá no Brasil pelo Facebook ou pelo celular, pois eu tinha um plano que liga pra qualquer telefone fixo do mundo de graça. Assim que falei com ele, descobri que ela estava me esperando no hotel!!! Saí correndo do hotel vizinho, onde sempre tomávamos café da manhã e fui encontrar minha sister! Foi a maioooor choradeira, muitos abraços, maior emoção. Mesmo nos falando sempre pela internet, não tem nada como um abraço de quem a gente ama e não vê há tanto tempo!!! Fiquei muito feliz!!! Família é família :)


Esperei as meninas se arrumarem, deixarem as coisas no quarto e fomos direto pra praia relaxar um pouco. Enquanto estávamos lá, um moço passou entregando pulseirinhas de balada. Uma delas era para uma pool party num hotel naquele mesmo dia. Como ainda não havíamos feito planos, resolvemos que iríamos nessa mesmo!

Me perdoem por UMA coisa: eu esqueci completamente o nome do hotel em que foi a pool party!!! Eu até guardei a pulseirinha pra lembrar do nome e depois escrever pra vocês, mas não sei onde foi parar! Se por acaso eu lembrar, prometo que atualizo aqui, ok?

Enfim, eu nunca tinha ido numa pool party antes, nem mesmo em Las Vegas onde estão as mais populares. Eu adorei, principalmente porque estava bem calor e eu estava com minhas amigas no mesmo clima. O negócio da piscina é meio esquisito, parece um piscinão de Ramos mais chique. Legal mesmo é ficar numa boa observado o povo! O DJ era ótimo, dançamos absurdos. Ótimo começo de viagem!

Olhem o tamanho do drink na primeira foto! São super famosos em Miami. Dá pra dividir em umas 4 pessoas! 

Nessa mesma noite, saímos para jantar todas bonitonas e resolvemos encarar a balada LIV. É uma das mais famosas de Miami, mas tem a fama de ser "difícil de entrar". Difícil de entrar POR QUE? Bom, vou contar pra vocês a coisa mais boba que já vi na vida: essa LIV é daquelas baladas que você praticamente precisa implorar pra entrar. Ficam uns carinhas na porta escolhendo quem "merece" e quem não "merece". Geralmente  entram as meninas com os vestidos mais curtos, as maquiagens mais exageradas e, em 90% dos casos, pessoas que conhecem o staff da balada, os seguranças ou que tem muito dinheiro. Eu achei que era bobagem quando li uns reviews em sites sobre a balada, mas quando chegamos lá vi que é tudo verdade e ainda pior!

Tinha menina esperando lá há mais de uma hora, jogando o maior charme pro segurança e NADA de entrar. E se vocês acham que beleza tem a ver, estão muito enganadas! Entrava cada candanga e deixavam cada bonitona (tipo eu hahahahaha) pra fora! Brincadeiras à parte, é muita humilhação pro ser humano. Cansadas de ficar naquele empurra-empurra, resolvemos ir embora! É muita palhaçada!!! Já havíamos curtido bastante na pool party, uma balada boa por dia já tava bom.

AHH, DIGO MAIS: isso tudo para pagar mais de 60 dólares para entrar, ainda! Nem era empurra-empurra pra entrar de graça! Se fosse, ok, valia a pena, tipo promoção do Magazine Luiza, hahaha. Mas ter que se humilhar e ainda ter que pagar? Não nasci pra isso. Fui embora desacreditada do quão longe as pessoas podem ir por causa de uma festinha... enfim, fica a dica: fiquem longe dessa LIV aí!

Aproveitamos os outros 3 dias restantes passeando, curtindo praia e badalando à noite! Conseguimos ir no Miami Ink Studio lá na Washington Avenue!!! Eu e minha irmã sempre fomos viciadas no reality show! Até entramos lá pra dar uma olhada nas tattoos. O japinha do começo tava lá. Maior emoção. Quem assiste???

No domingo, fomos para a Nikki Beach, uma das baladas mais populares do mundo e sem muita frescura! Ela começa às 4 da tarde e vai até o dia amanhecer, praticamente. O mais legal é que é na praia e você pode ir vestido como quiser! Se quiser pé na areia, pode ir de chinelo. Se quiser se acabar no salão, vá de sapato confortável. Se quiser impressionar, salto alto. Fiquei acompanhando o Facebook da Nikki e consegui colocar nossos nomes na lista de uma promoter! Não pegamos fila e entramos de graça na balada mais legal que já fui. É disso que estou falando ;)

Se quiserem balada boa em Miami, tá aí a dica: Nikki Beach, com certeza!!! Há vários ambientes, pessoas do mundo inteiro e rola diversos tipos de música. Tem até umas apresentações no palco enquanto o DJ toca. Foi muito bacana!

No último dia, me despedi da minha irmã e da Tuanni, pois eu, Ká e Rafa tomaríamos destinos diferentes a partir de lá...

Pois é, a viagem mal começou! No próximo post conto com mais detalhes sobre os nossos próximos destinos! Fiquem de olho ;)

Beijos!!!

Beatriz Morgado

Beatriz Morgado

Sempre em busca de uma experiência inesquecível, Beatriz, estudante de publicidade e propaganda, resolveu embarcar para os Estados Unidos para ser Au Pair! Acompanhe como ela encara uma rotina cuidando das crianças no estado da Pensilvânia e ainda arruma tempo para estudar francês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: