a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

miiiminie.jpg

Férias em Orlando 2: Principais Parques e Dicas

Fiquei em Orlando uma semana, porém recomendo que, caso queira visitar os principais parques de diversões, planeje sua viagem para entre 10 a 15 dias. Isso para poder aproveitar os parques e também conhecer um pouco da cidade e região. O ideal é você visitar um dia um parque e no dia seguinte relaxar com alguma atividade paralela, que pode ser um museu ou atração, shoppings ou mesmo curtir as atividades e piscinas do hotel ou o clima da Flórida em um parque aquático.

Programe-se junto aos tours que a STB oferece para Orlando e decida a melhor opção para você.
 

Walt Disney World

O Walt Disney World possui 4 principais parques em Orlando, sendo eles Magic Kingdom, Hollywood Studios, Epcot e Animal Kingdom. Além disso, o complexo abrange parques aquáticos, como o Blizzard Beach e o Typhoon Lagoon, e também uma área de entretenimento noturno com restaurantes, casas noturnas, lojas e atrações, conhecido como Downtown Disney/Pleasure Island.

Recomendo visitar todos os parques, sem dúvida nenhuma. E vou apontar as melhores atrações de cada um em posts futuros. É uma correria por conta das filas e tudo o que você quer ver e fazer, então eu também recomendo 2 dias no Magic Kingdom: um para aproveitar os brinquedos e o segundo para aproveitar os shows, o parque e tirar fotos com os personagens. Também é bacana conhecer Downtown Disney em uma noite de clima agradável (não é necessário pagar para entrar) e ir a pelo menos um parque aquático, se o clima estiver bom.

Os parques da Disney são ótimos para todas as idades. Existem brinquedos e atrações para os mais diferentes públicos e a maioria deles é acessível a quem usa cadeiras de rodas.

A terra mágica de Walt Disney transforma todos em crianças. E não é apenas um slogan não, independentemente da sua idade, você irá querer comprar orelhas do Mickey e tirar fotos com os personagens. Mas para crianças a mágica ainda é mais real e os brinquedos mais emocionais. Fui quando tinha apenas 6 anos de idade e naquela época eu realmente acreditava que aquele era O Mickey e que aquela era a cidade onde todos os personagens viviam em harmonia.

Universal Studios

Enquanto a Disney é totalmente "família, magia e crianças" a Universal se posiciona mais como "diversão e curtição". É um parque mais adulto, o que não quer dizer que as crianças não vão se divertir lá também, só quer dizer que elas não são o foco da diversão.

O complexo conta com dois parques de diversão, o Universal Studios e o Islands of Adventures, e com uma ampla área com lojas, cinemas, restaurantes e casas noturnas, chamado City Walk. Durante a noite, ir para lá é não errar! Aliás, o maior Hard Rock Café do mundo se encontra ali no City Walk.

Particularmente, em termos de brinquedos, eu considero o Islands of Adventures o melhor parque de Orlando. E agora com a construção da Terra de Harry Potter, minha admiração pelo parque cresceu ainda mais. Assim como a Disney, os brinquedos dos parques da Universal são temáticos, e aqui inspirados por filmes e desenhos animados.

  • Preços dos ingressos:

Sobre descontos nas entradas para os parques não há muito o que falar. Pesquisei muito sobre isso e a Disney possui uma política muito restrita a tickets com descontos. Eles se limitam a moradores da Flórida e pacotes anuais. Os tickets para a Disney são individuais e caros para os primeiros dias de parque, porém a partir do terceiro dia, os preços caem absurdamente. Isso quer dizer que quanto mais dias você adiciona no seu ticket, mais barato é. E você não precisa adicionar tudo de uma vez, pode fazer isso a qualquer momento em qualquer bilheteria dos parques apresentando seu ticket. Barato ao ponto de você pagar US$7 no quarto dia e US$5 no quinto!

Na Disney, crianças até 9 anos pagam preço reduzido. A partir de 10 anos de idade é o mesmo preço para todo mundo, saindo US$82,00 o ingresso para um dia de parque, para dois dias US$162,00. Mas, como falei, quanto mais dias adicionar, menor é o valor. Também existe a opção do ticket com "Park Hopper" que é um pouquinho mais caro, porém com ele é possível visitar mais de um parque no mesmo dia usando o mesmo ingresso. Eu, particularmente, não indico pois se perde muito tempo se deslocando de um para outro parque. O melhor é fazer um parque inteiro por dia.

A Universal Studios funciona do mesmo jeito. Comprando online para mais de um dia de parque há um desconto de US$10 que você não recebe nas bilheterias. O ingresso para um dia também custa US$82,00, mas no segundo dia você já consegue desconto saindo por US$115,00. Também há a possibilidade de pular de um parque para o outro comprando o ingresso Park-to-Park.

Os ingressos para ambos podem ser adquiridos tanto nas bilheterias dos parques, como em quiosques espalhados pela cidade ou mesmo na recepção do seu hotel. Por pura conveniência, comprei o meu no hotel para não enfrentar as filas nas bilheterias.

  • Cortando as filas:

Na Disney existe o FastPass que eu super recomendo pegar para as atrações mais concorridas. Com o seu bilhete em mãos você vai em uma das maquininhas que ficam localizadas ao lados brinquedos que possuem FastPass e tira um ingresso gratuitamente para voltar àquele brinquedo em determinado horário e não pegar fila. Só é possível tirar um ingresso desses a cada uma ou duas horas, dependendo do movimento do parque, e no ingresso mesmo já vem determinado quando será possível você retirar seu próximo FastPass.

Já nos parques da Universal Studios você tem que pagar por isso. O chamado Universal Express é um ticket a mais que você compra dentro do parque e te dá direito a furar as filas de diversos dos brinquedos. Ele vale apenas para um dia, uma pessoa e uma volta naquele brinquedo. Dependendo de quão lotado está o parque e quantas atrações você quer ir, vale a pena comprar ao invés de ter que voltar outro dia para acabar de ir nos brinquedos. O valor para esse ticket particular varia dependendo da temporada entre US$20,00 a US$60,00.


  • O que levar para os parques:

Mochila:
Uma bolsa ou mochila pequena, já que você vai andar MUITO MESMO e o peso acaba sendo 5 vezes maior no final do dia. Na Universal, por exemplo, para várias atrações você terá que guardar a bolsa em um locker, assim bolsas pequenas podem ser carregadas no brinquedo.

O que levar na mochila: câmera digital, carteira, celular, óculos de Sol, garrafinha de água, snacks (o preço de tudo nos parques é super faturado e a comida é bem junk food, assim se puder levar barrinhas de cereais para enganar a barriga e fazer apenas uma refeição no parque, é melhor), protetor solar (dependendo da época do ano), agasalho (à noite esfria!). Se tiver crianças pequenas, uma muda de camiseta também, já que alguns brinquedos estimulam as crianças a se molharem.

Fotografias:
Nunca esqueça de carregar com você sua câmera fotográfica, ter certeza que há espaço na memória e a bateria está inteira. Na Disney é possível fotografar e filmar EVERYWHERE, inclusive dentro dos brinquedos! Mas caso você esqueça, assim como qualquer outra coisa, é possível comprar filmes, câmeras, etc nas lojas dos parques. Normalmente essas lojas especializadas em fotografia ficam localizadas logo na entrada.

Além disso, para você não esquecer nenhum momento da sua fantástica viagem, a Disney conta com fotógrafos profissionais espalhados por todos os parques. Eles tiram fotos e arquivam em um cartão chamado "PhotoPass". Esse cartão fica com você, que pode utilizar com os diferentes fotógrafos Disney em diferentes parques e dias. É uma ótima forma de manter um backup caso aconteça algo com sua câmera digital e também de ter fotos com todos os membros de sua viagem.

No mesmo dia já é possível ver suas fotos online com esse cartão, mas claro... para imprimir ou fazer o download é necessário pagar. Mas se você não se importa em ter um tamanho reduzido, só tire um print screen da tela e pronto. Algumas fotos são tão memoráveis que você irá querer comprar também!

P.S.: Ahhh, e não se acanhe em pedir para esses fotógrafos também tirarem fotos com a sua própria câmera digital. Eles são super gente boa e concordam com um sorriso.

Mapas:
Mapas das atrações, lanchonetes e eventos são distribuídos nas entradas dos parques em diversas línguas, inclusive em Português. Não esqueça de pegar o seu e se programar. Também há a opção de programar seu roteiro de visita online no site oficial dos parques e imprimir sua aventura personalizada.

Algo excelente e que me fez ganhar muito tempo foi fazer o download de Aplicativos para iPhone e Android das filas nos parques, existem vários desses gratuitos. Eles mostram ao vivo quanto tempo de fila existe em cada um dos brinquedos e também um mapa simples de onde ficam as atrações (os mapas entregues nos parques acabam por ter informação demais e você demora a se encontrar). Porém, indico apenas se você tiver um plano de dados internacional bem baratinho, se não a brincadeira sairá cara!

Aproveite e leia o primeiro post da série sobre Orlando para saber qual a melhor época para visitar a cidade.

Programe-se junto aos tours que a STB oferece para Orlando e boa viagem!!!

Bruna Calheiros

Bruna Calheiros

Paulista e blogueira, Baunilha é publicitária e apaixonada por games, seriados, HQ, cinema, design e arte. Com projetos promissores e vontade de aproveitar tudo o que o mundo tem para oferecer, ela está estudando em NY e você pode conferir os textos repletos de dicas e detalhes sobre a cultura norte-americana que a @baunilha prepara especialmente para vocês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: