porto2-vinicolas-e1342130800680.jpeg

Conhecendo Porto, em Portugal!

Após Barcelona, meu próximo destino foi a cidade de Porto, na terrinha dos nossos ancestrais, Portugal. Porto é uma cidade super tradicional e antiga, um charme.

A cidade do Porto deu o nome à Portugal e, mesmo sendo super antiga, fundada em 1123, tem apenas 240.000 habitantes. A cidade é conhecida internacionalmente por conta de seu vinho - o vinho do Porto -, a culinária local, suas pontes e arquitetura e seu centro histórico, tido como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Foram apenas dois dias na cidade, mas foi o suficiente para conhecer tudo. Fiquei hospedada no HF Ipanema Park, um excelente hotel, mas um pouquinho afastado do centro histórico. É no centro histórico que fica a famosa Livraria Lello, a mais antiga livraria da Europa. Lá, não é permitido tirar fotos (apenas em um horário marcado no período da manhã), mas vale a visita até para comprar alguns livros, já que eles são mesmo em Português! Eu, por exemplo, comprei um livro de receitas portuguesas.

Livraria Lello: a mais antiga da Europa e mais bela de Portugal 

Além das dezenas de lojas de souvenirs que você encontra pela região, outra parada super importante (para mim!) foi na loja "A Vida Portuguesa". Criada em 2007, ela é como uma mistura de museu e loja. Mais de 1000 produtos tradicionais portugueses que, de certa forma, resistiram à globalização e são vendidos nessa loja. Super vintage, retrô, ótimo para comprar presentinhos fofos e únicos do tempo da vovó. Tem em Porto e em Lisboa também!

Produtos do tempo da vovó na loja "A Vida Portuguesa"

É super gostoso andar pelo centro histórico do Porto, descobrindo prédios antigos e igrejas. O "must-see" por lá é a Torre dos Clérigos, que você pode subir para ter uma vista panorâmica e a Sé do Porto, de onde você também tem uma vista linda da cidade. Duas ótimas parada para fotografias!

Sé do Porto e Torre dos Clérigos no centro histórico do Porto em Portugal 

Mais do centro histórico de Porto

Da Sé do Porto recomendo fazer um pequeno tour, caminhando mesmo, descendo pelas escadas atrás da Sé até chegar no Rio Douro, que divide a cidade. Do outro lado das pontes fica a Vila Nova de Gaia, onde é produzido o vinho do Porto. Pelo caminho, observe os prédios e casas coloridas, muitos feitos com azulejos característicos, colocados do lado de fora. E também do lado de fora você pode ver, em quase todos os sobrados, roupas secando no varal. Olha só de onde vieram alguns dos "costumes" brasileiros. Ande pelo Cais da Ribeira - existem feirinhas de artesanato e comida na rua - e vá até o Museu Casa do Infante, a Casa da Música e a Fundação Serralves. Yummiii!!! Quero mais bacalhau!

Atravessando para Vila Nova de Gaia tem também bastante o que se ver e fazer. Eu comecei almoçando um delicioso bacalhau no "O Bacalhoeiro", um dos meus top-tops da viagem e onde eu me apaixonei por bacalhau. O restaurante é super gostoso e fica de frente para o Rio Douro, te entregando de graça uma excelente vista da cidade de Porto.

P.S.: Procure almoçar relativamente cedo! Os restaurantes em Porto fecham às 15:00 em ponto! Chegou 15:10, não vão te servir. Aí é esperar até eles abrirem novamente para o jantar às 19:00.

Existe um teleférico que vai até um mosteiro, mas esse eu não fui. Preferi fazer um super relaxante passeio de barco pelo rio. No passeio, observe bem a paisagem, as casas antigas e abandonadas, as gigantescas pontes, uma diferente da outra.

Depois é hora de um vinho do Porto, certo? E não há lugar melhor para isso! Existem dezenas de vinícolas por ali e elas oferecem tour onde você conhecerá um pouco mais do processo de criação do vinho do Porto, a diferença entre ele e um vinho normal e, também,  poderá degustar alguns vinhos diferentes. Fui na vinícola Offley e adorei a visita!

Famosa francesinha: gastronomia "moderna" de Porto

Outro "must-do" em Porto é provar um novo prato da culinária moderna: a francesinha. A francesinha é um sanduba em pão de forma com todas as carnes que você puder imaginar dentro! Presunto, carne de boi, linguiça e calabresa… E provavelmente muitas outras. Depois que o sanduiche é montado, ele é coberto por queijo e levado ao forno para derreter. No final, ele ainda recebe, molho de tomate por cima e o prato vêm cheio de batatas fritas. Se você achou pouco, eles ainda podem colocar um ovo frito em cima de tudo para você! Recomendo dividir ou depois de comer ir tirar uma sonequinha! O restaurante mais famoso que oferece a francesinha - mas tem em todos os lugares - é o Capa Negra.

 

E a viagem continua...

Bruna Calheiros

Bruna Calheiros

Paulista e blogueira, Baunilha é publicitária e apaixonada por games, seriados, HQ, cinema, design e arte. Com projetos promissores e vontade de aproveitar tudo o que o mundo tem para oferecer, ela está estudando em NY e você pode conferir os textos repletos de dicas e detalhes sobre a cultura norte-americana que a @baunilha prepara especialmente para vocês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: