a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

Como foi meu St. Patrick’s Day em Nova York

Foto: Dxpixel365

O verde tomou conta de Nova York! O motivo: dia 17 de Março foi St. Patrick's Day! Uma das comemorações mais divertidas de Manhattan - para maiores de 21 anos - é o Dia do São Patrício.

No Brasil, a gente até de vez em quando comemora indo para um bar, porém aqui é beeeem diferente. TODO mundo comemora! Assim como brasileiro usa branco no Ano Novo, os nova-iorquinos incluem o "verde" no seu look. Mesmo que você tenha esquecido desse dia, ao sair na rua já lembra, afinal não se pode achar que é uma grande coincidência todos se vestirem de verde naquele dia, hahaha. E se você não tiver nada verde não tem problema, as lojas e vendedores ambulantes estão preparados com centenas de adereços diferentes para todos os gostos.

Foto: jag9889

A festa começa com um grande desfile de comemoração que acontece na 5ª Avenida (veja a lista das principais paradas de Nova York aqui!). O desfile é longo e eu não aconselho ficar até o final, porque não muda muito não. Passe por lá, dê uma espiada, tire algumas fotos e siga, pois a festa mesmo acontece nas ruas e nos pubs.

Foto: DNAinfo/Paul Lomax

 

Como em Nova York - e por quase todo o país - é proibido beber nas ruas, não tem como evitar ir para um bar. O que os americanos costumam fazer antes de partir para um pub é uma festa em casa mesmo, um esquenta!

Assim começou meu St. Patrick's Day com um esquenta para comemorar a data - e coincidentemente aniversário de um amigo - em um apartamento em Nova York. Movemos os móveis da sala para ter mais espaço (já que espaço é algo raro pela metrópole) e pessoas começaram a aparecer. Amigos, amigos de amigos, amigos de amigos de amigos e alguns vizinhos.

O dono da festa comprou um keg (barril) gigante de cerveja, daqueles que você só encontra em bares, a empresa trouxe, montou tudo direitinho e buscou depois. O keg foi o suficiente para abastecer as mais de 40 pessoas que chegaram para o esquenta, todas seguindo o dress code com algum acessório verde. E para comer, as meninas se encarregaram da cozinha, fazendo ovos mexidos verdes (você usa espinafre para eles ficarem com essa coloração!) também como parte da comemoração.

Finalmente, quando a cerveja acabou, era hora de seguir caminho para um bar. A melhor região para se comemorar o St. Patrick's Day em Nova York é em West Village onde a maioria dos bares já tem esse ar de pub e as ruas ficam lotadas de irlandeses-por-um-dia.

Fui para o Red Lion onde não senti necessidade de sair e mudar de bar ("bar hooping" - pular de bar em bar na mesma noite - faz parte da cultura nova-iorquina). Escolhemos o Red Lion a dedo, é um excelente pub localizado no West Village e que conta com banda ao vivo, normalmente Rock e Pop Rock, mas nesse dia, as músicas eram Irlandesas!

O mais engraçado foi que diversos americanos e irlandeses que estavam desfilando na parada da 5ª Avenida seguiram para o Red Lion também. Não tinha entendido porque haviam pessoas vestidas de bombeiro, marinheiro, policiais, e quando perguntei eles me contaram que estavam desfilando antes de irem para o bar.

Conheci também um Irlandês, que vive na Irlanda, mas que a 5 anos vem para Nova York no St. Patrick's Day, pois acha que é o melhor lugar para comemorar a data. Não vamos negar então, hahaha.

Gostou do post? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe um comentário! Ah… e continue a acompanhar a minha viagem aqui no meu diário.

Bruna Calheiros

Bruna Calheiros

Paulista e blogueira, Baunilha é publicitária e apaixonada por games, seriados, HQ, cinema, design e arte. Com projetos promissores e vontade de aproveitar tudo o que o mundo tem para oferecer, ela está estudando em NY e você pode conferir os textos repletos de dicas e detalhes sobre a cultura norte-americana que a @baunilha prepara especialmente para vocês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: