2 meses nos Estados Unidos!

 

Gosto muito de escrever posts "comemorativos" resumindo tudo o que tenho feito de bom por aqui. Já escrevi post sobre meus primeiros dias, sobre homesick, sobre mini-viagens, passeios com amigos e até dicas para quem está chegando!

Um pouquinho mais de 60 dias se passarem desde o meu embarque e eu já consigo notar que muita coisa mudou desde então. Eu estou quase 100% adaptada... e sei que nunca ficarei 100%, pois meu lugar de verdade é o Brasil, pessoas falando minha língua e comidinha da minha mãe!

Posso dizer que estou feliz e construindo raízes aqui. Começando uma nova vida para poder passar por essa experiência sem depender dos meus sentimentos e hábitos que ficaram no Brasil. Neste último mês, falei com meus pais poucas vezes pelo Skype. Sinto muita saudade, mas não mais aquela dependência de contar meus dias tim-tim por tim-tim para a minha mãe e de ficar "chorando as pitangas". Quero ter assunto quando eu voltar, aí é que tá a graça! Fiz algumas amizades aqui que tenho certeza que durarão muitos anos. Estou acostumando com a minha rotina super pesada e não preciso mais perguntar onde ficam as panelas, os temperos e os panos. Me sinto mais em casa.

Minha relação com a host family está cada dia melhor. Minha host mom virou minha confidente e sempre conversamos sobre diversos assuntos. Descobri que meu host dad é super rock and roll e faz questão de me mostrar várias bandas novas e me emprestar CDs pra copiar. Discutimos sobre bandas, guitarristas, bateristas e músicas antigas. Só quem me conhece de verdade sabe o quanto gosto disso!

Amo minhas crianças cada dia mais! Amo vê-los crescer, aprender coisas novas, me chamando pelo meu apelido, dizendo que me amam e vão sempre me amar, que querem me visitar no Brasil quando eu não tiver mais aqui.. por mais cansada e estressada que eu esteja, por mais que acorde e me rasteje pela casa, não consigo não sorrir quando vejo meus bebês fazendo o mesmo por mim! Parece meio piegas, mas só sabe quem vive... :)

Já planejei minhas férias de verão com minhas amigas e espero que dê certo! Pontos obrigatórios da Califórnia e Las Vegas... Chato, né? :P

Já recebi amigas em casa e foi super divertido! Já participei de um garage sale, comi um tradicional café da manhã americano com panqueca, syrup, french toast, ovos e Iced Tea.

Roupas dos meus bebês no meu primeiro garage sale!

Traditional breakfast ;)

Já fui para a praia passar o dia e descobri que tínhamos que pagar 8 dólares para entrar. Brincadeira, né? Mas quem disse que a gente não se divertiu? :)

Criei um novo lema para a minha vida de Au Pair: TUDO é experiência. Tudo é história pra contar. Antes eu dizia que tinha mais dias ruins do que bons, mas que os bons compensavam... agora digo que tenho experiências todos os dias, sejam elas boas ou ruins.

Conheço pessoas de várias partes do mundo e tenho certeza que depois que eu voltar para o Brasil, terei que visitar amigos em Paris sem nem pagar hotel. E essa amiga de Paris terá muitas casas brasileiras para se hospedar quando quiser. Isso não tem preço!

Mesmo que eu ainda tenha 17 meses pela frente, pelo menos, tenho medo de não conseguir fazer tudo o que eu quero. Que estranho! Só sei que quero continuar vivendo intensamente essa experiência, pois é uma oportunidade única. Não poderei repetir isso tudo em nenhum outro momento da minha vida, então... a hora é agora!

Beijão para todos os leitores do blog e muita força e paciência para as Au Pairs que estão no processo. Eu sei que demora e que é difícil, mas eu só tenho uma coisa a dizer: VALE A PENA!

Beatriz Morgado

Beatriz Morgado

Sempre em busca de uma experiência inesquecível, Beatriz, estudante de publicidade e propaganda, resolveu embarcar para os Estados Unidos para ser Au Pair! Acompanhe como ela encara uma rotina cuidando das crianças no estado da Pensilvânia e ainda arruma tempo para estudar francês!

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: