a-melhor-experiencia-de-viagem-970x300_semtxt.jpg

Planejar uma viagem é simples, o extraordinário é construir experiências!

hotodg-750x497.jpg

17 de maio – Dia da Noruega

Tem uns países que a gente não escuta falar muito, então acaba não sabendo muitas coisas. A Noruega pra mim era um desses, até que fiquei sabendo que ia rolar uma festa norueguesa no parque do lado aqui de casa para comemorar o dia deles. Achei legal e resolvi ir, pois adoro estar perto de culturas diferentes e saber mais sobre os países que quase nunca ouço falar. Aliás, essa é uma das vantagens de se morar em Londres. Tem muuuuita cultura diferente, pois tem gente de todo o mundo!

A primeira impressão que tive é que todo mundo na Noruega é loiro! Hahaha, o Southwark Park, aqui do lado de casa, ficou lotado de pessoas loiras e super bem vestidas, com suas famílias e filhos super bonitinhos. Com os poucos que conversei, já consegui perceber que o inglês deles é bem bom e alguns moram há bastante tempo aqui em Londres. Mas, infelizmente, a maior parte do evento foi toda feita em norueguês, então praticamente não entendi bulhufas. Aliás, não sabia que era uma língua tão difícil! Porque aparentemente é.

Na hora de provar a comida típica de lá, entrei na fila da barraquinha e percebi que o cartaz com os preços estava todo escrito na língua deles. Vixe Maria... Eu pensei. Como ia fazer pra pedir o que eu queria? Então puxei assunto com uma moça que estava na minha frente na fila, e ela contou que não tinha muito o que escolher pois no dia 17 de maio na Noruega eles nem comem muita comida típica. Como é um dia praticamente voltado as crianças, eles comem bastante hot-dog e sorvete, pois elas adoram! Aaaah... Daí eu entendi por que tinham tantas crianças lá! E gente... Uma mais fofa que a outra, vocês precisam ver! No final acabei pedindo um hot-dog normal e comprei pro meu namorado um tipo de "panqueca-hot-dog", que era um hot-dog normal mas invés de ir pão, eles enrolavam a salsicha em uma panqueca. Gostosinho, mas nada demais.

Foi uma tarde gostosa, pois estava todo mundo super a vontade fazendo piquenique no parque e aproveitando o dia. Acho que o evento era mais voltado para noruegueses mesmo, pois não foi muito divulgado e eu só descobri porque um amigo norueguês do meu namorado chamou ele pra ir já sabendo que morávamos pertinho do parque. Fora que se fosse mais aberto ao público, eles teriam feito em inglês né? Mas foi uma experiência bem bacana.

Esse é o Sebastian, amigo do meu namorado que chamou a gente pra festa. Eu não consigo lembrar o nome da menina na foto, mas ela foi super simpática comigo! Essas são as roupas típicas deles... Diferente, né?

A moça da fila me disse que nesse dia é feriado na Noruega e tudo fica super animado! Eles começam o dia indo na casa de amigos e tomando um café da manhã bem tradicional, só que regado a champagne (!!!). E durante o dia a galera vai para pubs ou para a rua assistir os vários desfiles que rolam pela cidade. Deve ser praticamente o carnaval deles. Mas a parte ruim é que no dia seguinte todo mundo tem que trabalhar mesmo se estiver com a maior ressaca da paróquia. Bom... Faz parte, né? hehehe

Rebiscoito

Rebiscoito

Paulista, Rebiscoito decidiu embarcar neste intercâmbio para Londres e conta aqui no blog todas as suas experiências e pensamentos diretamente da terra da Rainha. Aqui vocês descobrem como é morar e viver cercada do inglês britânico, em uma cidade onde tudo acontece. Ela divide perrengues, alegrias, descobertas e tudo de novo que encontra por lá.

Deixe uma resposta

BUSCAR RESULTADOS PARA: